Notícias

Campanha de Vacinação contra Gripe começa em 10 de abril

Publicado em 05/04/2019 às 16h57

Doses serão aplicadas nas unidades de saúde da cidade e distritos; estima-se que mais de 30 mil pessoas sejam imunizadas contra doença no município

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa na próxima quarta-feira (10). Em Muriaé, mais de 30 mil pessoas que fazem parte dos grupos prioritários devem ser imunizadas contra a doença. As doses serão aplicadas de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30min, em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS's) da cidade e distritos.

A meta é vacinar 90% do público-alvo, que compreende crianças de 6 meses a 5 anos incompletos, grávidas, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com 60 anos ou mais, pessoas com doenças crônicas e outras categorias de risco clínico, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, jovens que cumprem medidas socioeducativas, professores e trabalhadores da saúde.

Para receber a dose, é necessário apresentar cartão de vacina. Pessoas com doenças crônicas devem levar receita médica.

Dia D - O Dia D, em que a vacinação se intensifica e há mobilização nacional, está marcado para dia 4 de maio, um sábado.

 

Serviço

Vacinação contra a gripe:

Período: 10 de abril a 31 de maio

Dias: segunda a sexta-feira

Horário: das 8h às 16h30min

Local: Unidades Básicas de Saúde (UBS's) da cidade e distritos

Dia D: 4 de maio

Público-alvo:

– Idosos;

– Crianças com mais de 6 meses e menores que 5 anos;

– Pessoas que apresentam doenças crônicas e outras categorias de risco clínico;

– Grávidas;

– Puérperas (até 45 dias após o parto);

– População privada de liberdade;

– Funcionários do sistema prisional;

– Jovens que cumprem medidas socioeducativas;

– Professores;

– Trabalhadores da saúde.

É necessário apresentar cartão de vacina e receita médica (para pessoas com doenças crônicas)

 

Foto: Arquivo Prefeitura de Muriaé

 

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

Seminário discute sobre erradicação do trabalho infantil em Muriaé

Publicado em 05/04/2019 às 16h38

Evento realizado pela Prefeitura e PETI contou com palestras, debates, apresentações culturais e exibição de documentário

O combate à erradicação do trabalho infantil foi discutido durante o 2º seminário municipal das ações estratégicas do programa que trata a temática. Com o tema “Diálogos para fortalecer a Rede Intersetorial, a Rede de Cooperação e o Desenvolvimento Social”, o evento realizado na quinta-feira (4), no Teatro Zaccaria Marques, foi marcado por palestras com profissionais renomados, debates, apresentações culturais e exibição de documentário.

O objetivo do Seminário promovido pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, e Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), foi debater ações e políticas públicas a fim de proteger as crianças de terem atividades laborais antes dos 16 anos (exceto na condição de aprendiz). Pela manhã, o secretário Municipal de Desenvolvimento Social de Pedro Leopoldo, Régis Spíndola, falou sobre “O trabalho Infantil e a integralidade de proteção do Sistema Único de Assistência Social (SUAS)”.

Na parte da tarde, a procuradora do Ministério do Trabalho, Luciana Coutinho, abordou sobre a atuação do Ministério Público na identificação do trabalho infantil. A programação do evento contou ainda com exibição do documentário “Ser criança – Um olhar para a infância e a juventude diante do trabalho no Brasil”, apresentação teatral e cultural e do diagnóstico do PETI em Muriaé, além de debates.

O secretário Municipal de Desenvolvimento Social, Alex Pedrosa, ressaltou que o trabalho infantil é uma problemática que aflige todo país, por isso a importância de se discutir e implementar políticas públicas para o combate a essa situação. “Lugar de criança é na escola, junto à família, participando de projetos sociais e educacionais. Já avançamos muito em ações para combater o trabalho infantil em nossa cidade, e seguimos firmes para proteger nossas crianças”, diz.

Diagnóstico e ações - Em 2018, foi realizado o I Diagnóstico do PETI em 20 escolas públicas, uma pesquisa quantitativa para identificar possíveis casos de trabalho precoce, com o intuito de apoiar o planejamento das estratégias de redução do trabalho infantil. A partir desses dados, foram realizadas as visitas técnicas e os casos foram encaminhados aos serviços da rede do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e Conselho Tutelar.

As ações estratégicas para redução do trabalho infantil têm como principal objetivo promover o fortalecimento da rede intersetorial. Um exemplo é a parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Relações Institucionais, que por meio da Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais (Uaitec Lab), inseriu os adolescentes nos cursos de capacitação, para que o acesso ao conhecimento e a novas oportunidades ao mercado do trabalho.

Vale ressaltar que as ações do PETI têm um olhar integral da situação dos familiares dos adolescentes em situação de trabalho infantil. Os cursos promovidos pelo Programa Nacional de Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas Trabalho) são oferecidos para os integrantes das famílias para a qualificação da mão de obra nos segmentos da costura industrial, patchwork e elétrica básica, que são realizados no Centro Educacional Dom Delfim sob a coordenação da Secretaria de Desenvolvimento Social e Desenvolvimento Econômico e Relações Institucionais.

“A estratégia principal na erradicação do trabalho infantil é a consolidação da rede intersetorial para a inserção dos adolescentes ao mercado de trabalho, nas atividades artísticas, culturais e de esporte, ao promover políticas públicas que atendam as necessidades desta população respeitando o território, etnia e situação econômica”, finaliza a técnica referência do PETI em Muriaé, Aline Pereira.

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

3ª edição do Torneio Leiteiro Curraleiro iniciará na próxima semana

Publicado em 04/04/2019 às 18h45

Campeonato é formado por pequenos proprietários rurais. Evento incentiva a produção de leite, troca de idéias e cria possibilidades de negócios

A terceira edição do Torneio Leiteiro Curraleiro iniciará na próxima semana, quarta-feira (10), em Pedra Alta, distrito de Belisário. Este ano, mais de 20 agricultores deverão participar. O campeonato é formado por pequenos proprietários rurais que fazem parte do programa “Muriaé + Leite”, assim como por um grupo chamado “Amigos”, formado por criadores de gado leiteiro que decidiram acompanhar as atividades.

Os encontros do Torneio Leiteiro Curraleiro deverão ser ás quintas-feiras, a partir de 19 horas, horário em que se realiza a pesagem do leite. O cronograma de locais (propriedades rurais) onde acontecerão as confraternizações ainda está sendo organizado. O evento incentiva a ampliação da produção de leite, promove a troca de ideias e cria novas possibilidades de negócios.

O Muriaé + Leite é um programa de assistência técnica profissional oferecida pela Secretaria de Agricultura para os criadores de gado leiteiro. Para participar, o pequeno produtor precisa estar inscrito no projeto. Um dos quesitos básicos para estar apto a receber a assessoria veterinária é fazer parte da agricultura familiar, ou seja, todos aqueles que participam dos trabalhos diários devem pertencer à mesma família.

“Eu vejo o leite hoje como uma atividade lucrativa para os pequenos produtores rurais. Incentivamos a agricultura familiar concedendo o uso da patrulha mecanizada para arar a terra, assim como criamos o programa ‘Muriaé + Leite’ para estimularmos a pecuária leiteira. Neste mesmo seguimento, a Prefeitura oferece assistência veterinária para estas famílias”, explicou o secretário de Agricultura, Manoel Carvalho.

Programa Muriaé Mais Leite

O programa Muriaé + Leite foi criado em 2017 pela Prefeitura para levar aos pequenos produtores rurais novas técnicas. Desta forma, os veterinários visitam o homem do campo, em sistema de rodízio, oferecendo assistência profissional para que o gado tenha alimentação especial, atendimento personalizado e pastagem apropriada. A ação visa ampliar a quantidade de leite produzido na região, levando ao setor agropecuário técnicas específicas de trabalho. Dentro deste programa, se criou o Torneio Curraleiro.

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

Prefeitura lança edital de processo seletivo para estágio na assistência social

Publicado em 02/04/2019 às 16h20

Podem participar estudantes de graduação em Educação Física, Pedagogia, Psicologia e Serviço Social e de pós-graduação em Psicologia

A Prefeitura de Muriaé está com edital de processo seletivo aberto destinado ao preenchimento de vaga e formação de cadastro de reserva de estagiários de graduação em Educação Física, Pedagogia, Psicologia e Serviço Social e de pós-graduação em Psicologia. Eles vão atuar em dispositivos da política municipal de assistência social.

As inscrições, que são gratuitas, começam nesta quarta-feira (3) e prosseguem até dia 12 de abril, podendo ser realizadas de segunda a sexta-feira, das 13h30min às 16h30min, na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, localizada no 1º andar, do Centro Administrativo.

Documentos necessários para inscrição, assim como resultados, podem ser conferidos no edital, que está publicado no site da Prefeitura (www.muriae.mg.gov.br, aba "Cidadão", link "Editais e Processos Seletivos", opção "Estágios").

Com carga horária de 30 horas semanais, distribuídas em seis horas diárias, a bolsa-estágio de graduação corresponde a R$ 723,75 e de pós-graduação, a R$ 1.398,60.

 

Prova - O processo seletivo de graduação será composto de prova objetiva em etapa única, realizada provavelmente no dia 23 de abril, com início às 13h30min, em local a ser divulgado pela comissão de avaliação.

O exame terá valor de cem pontos e será composto por dez questões, valendo dez pontos cada. Somente serão considerados aprovados na prova objetiva os candidatos que obtiverem o mínimo de 60% de acertos, ou seja, 60 pontos.

Para o estágio em pós-graduação, o edital prevê uma avaliação também no total de cem pontos, que será composta por uma questão prática-profissional (caso clínico). A correção levará em conta a clareza e objetividade na exposição do raciocínio, a correta abordagem e explanação do tema requisitado, bem como o domínio da linguagem correta.

Com validade de seis meses, a contar da data de homologação do resultado final, o processo seletivo pode ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social.

 

Serviço

Inscrições de processo seletivo para estágio na assistência social:

Período: de 3 a 12 de abril

Dias: segunda a sexta-feira

Horário: das 13h30min às 16h30min

Local: Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, localizada no 1º andar, do Centro Administrativo

Edital: www.muriae.mg.gov.br, aba "Cidadão", link "Editais e Processos Seletivos", opção "Estágios"

Prova: 23 de abril, em local ainda a ser divulgado

Bolsa-estágio:

 - Graduação: R$ 723,75

 - Pós-graduação: R$ 1.398,60

Inscrições gratuitas

 

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

Programa Cesta Cheia atende mais de 30 localidades do município

Publicado em 02/04/2019 às 09h35

Cerca de 2.000 famílias estão sendo atendidas; cestas com oito quilos de alimentos entregues de 15 em 15 dias

O Programa Cesta Cheia da Agricultura Familiar, desenvolvido pela Prefeitura através das secretarias de Agricultura e Desenvolvimento Social, está atendendo a 30 localidades de Muriaé. Na última quinta-feira (28), o serviço atendeu aos bairros José Cirilo, Joanópolis, São Joaquim, Macuco, Barra e Planalto.

Cerca de duas mil famílias estão cadastradas. As cestas são entregues as terças e quintas-feiras, a cada 15 dias, obedecendo a um cronograma organizado pelas secretarias. Em média, seis pontos são atendidos por dia. Cada cesto contém oito quilos de legumes, verdura e leite.

A distribuição é realizada nos bairros Aeroporto, Barra (Rua Fardelas e Prainha), União, Bom Pastor, Dornelas, Dornelas II, Encoberta, Gaspar, Santa Luzia, Joanópolis, João XXIII, José Cirilo, Napoleão, Padre Tiago, Marambaia, Planalto, Santana, Santa Terezinha, Santo Antônio, São Cristóvão, São Joaquim, São José e Cardoso de Melo.

Na área rural as entregas são realizadas no Residencial Nova Muriaé, comunidade de Macuco e distritos de Pirapanema, Vermelho, Itamuri, Boa Família e Bom Jesus da Cachoeira. Para receber a cesta a cada 15 dias, a pessoa precisa estar cadastrada no programa da Secretaria de Desenvolvimento Social, assim como também pagar a taxa simbólica de R$ 5,00.

Pontos de distribuição e dias de entrega agendados até o mês de julho:

 

GRUPO 1 – Terça-feira - Datas: 09/04, 23/04, 07/05, 21/05, 04/06, 18/06, 02/07, 16/07, 30/07

 

João XXIII – às 8h30min - Praça Alta – caixa d'água

Encoberta – às 9h - em frente ao Caic

União – às 9h30min - no fim da Rua Narciso Dias Rabelo

Napoleão – às 9h30min - próximo à Igreja Testemunha de Jeová

Santo Antônio – às 9h30min - entrada da Rua Professora Ivonilde

Bom Jesus – às 13h

Santa Terezinha – às 13h - Campo do Operário

 

GRUPO 2 – Quinta-feira - Datas: 11/04, 25/04, 09/05, 23/05, 06/06, 04/07, 18/07

 

Dornelas e José Cirilo – às 9h - lote vago da Avenida Altino Rodrigues Pereira

Joanópolis – às 9h30min - atrás da creche

São Joaquim – às 10h - campo de terra

Macuco – às 13h - pracinha

Barra (Prainha e Fardelas) – às 13h - entrada da Prainha e parte alta da Rua Fardelas

Planalto – às 13h30min - na praçinha do Planalto

 

GRUPO 3 - Terça-feira - Datas: 02/04, 16/04, 30/04, 14/05, 28/05, 11/06, 25/06, 09/07 e 23/07

 

Padre Tiago – às 9h - em frente à escola

Itamuri – às 9h – em frente ao salão

Marambaia – às 9h30min - em frente à igreja

Santana e Bom Pastor – às 13h – próximo à escola e Unidade Básica de Saúde

Cardoso de Melo – às 13h10min - escola

Nova Muriaé – às 13h30min - entrada do Residencial

Pirapanema e Vermelho – às 14h - em frente à Unidade Básica de Saúde e no chafariz

 

GRUPO 4 – Quinta-feira - Datas: 04/04, 02/05, 16/05, 30/05, 13/06, 27/06, 11/07 e 25/07

 

São Cristóvão – às 9h - Rua Itália (após o campo de futebol)

Gaspar/Santa Luzia - às 9h - na entrada da Rua Sete de Setembro

Dornelas II - às 10h - galpão do bairro

Boa Família - às 13h - Unidade Básica de Saúde

São José - às 13h - Rua Prefeito Francisco Theodoro Filho (Bar do Luciano)

Aeroporto – às 13h30min - próximo à Unidade Básica de Saúde e em frente à escola

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

CAPSs de Muriaé apoiam campanha de saúde mental com portas abertas

Publicado em 02/04/2019 às 09h09

Movimento que vem acontecendo em todo o país ganha adesão de unidades psicossociais mantidas pela Prefeitura

Funcionários e pessoas que recebem tratamento nas unidades de saúde mental mantidas pela Prefeitura em Muriaé participaram, na última quinta e sexta feira (28 e 29), do movimento "Abraça a RAPS – Trancar não é tratar", de apoio à Rede de Atenção Psicossocial.

Com atividades ao ar livre no Horto e na praça do bairro São Francisco, os participantes aderiram à campanha que vem acontecendo em todo o Brasil. A iniciativa tem o objetivo de fortalecer o atendimento ambulatorial – ou seja, sem a necessidade de isolar os pacientes do convívio social.



A coordenadora do serviço de saúde mental da Prefeitura, Cinthia Muglia, lembra que o tratamento desenvolvido com os pacientes inserido na sociedade tem mostrado resultados positivos ao longo dos anos. "Mais do que oferecer o atendimento médico e psicológico, precisamos entender a história de cada indivíduo, buscando ajustar também as questões familiares, comunitárias e outros tipos de vínculos de cada um", explica.

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

Muriaeenses agora podem receber no WhatsApp novidades sobre próximo concurso da Prefeitura

Publicado em 29/03/2019 às 16h42

Serviço criado pela administração leva informações em primeira mão para usuários que se cadastrarem

Agora os muriaeenses têm um novo canal para receber, em primeira mão, todas as novidades sobre o próximo concurso público da Prefeitura e outras notícias referentes à administração. Colocado em prática pelo Departamento de Comunicação, o novo serviço funciona via aplicativo WhatsApp e está ativo desde a última quinta-feira (28), de forma totalmente gratuita aos interessados.

Para se cadastrar, basta adicionar o número (32) 3696-3300 à agenda do smartphone e, em seguida, enviar mensagem pelo WhatsApp, informando o nome e o bairro onde mora. Após esse procedimento, o interessado receberá uma mensagem confirmando que o cadastro foi efetuado com sucesso e já estará apto a receber as informações em primeira mão. Mas vale reforçar: para receber as novidades, é necessário ter o número de telefone da Prefeitura de Muriaé devidamente salvo na lista de contatos.

PREFEITURA DE MURIAÉ NO WHATSAPP

O que é?
Serviço gratuito de divulgação de novidades sobre concurso público e outras notícias da Prefeitura de Muriaé diretamente no celular

Como cadastrar?
1) Adicione o número (32) 3696-3300 aos contatos do seu celular;
2) Envie mensagem pelo WhatsApp para o número que acabou de salvar, informando seu nome e o bairro onde mora;
3) Pronto! Você receberá a mensagem de confirmação de cadastro e já estará apto a receber todas as novidades em primeira mão.

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

Programa Jovem Aprendiz

Publicado em 29/03/2019 às 16h09

Parceria entre Prefeitura e SENAI contribui para que jovens estejam preparados para mercado de trabalho

A Prefeitura de Muriaé, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Relações Institucionais, realizou, na última quarta-feira (27), junto ao SENAI, empresários da rede de supermercados e bancos financeiros uma apresentação do Programa Jovem Aprendiz.

Mais do que oferecer uma formação profissional aos jovens, o Programa beneficia as empresas com a oferta de mão de obra qualificada, formando cidadãos responsáveis e conscientes. A ideia é que, com base na Lei do Aprendiz (http://site.aprendizlegal.org.br/lei), as empresas possam contratar estes jovens, com idades entre 14 e 24 anos, que terão orientação profissional e acompanhamento do SENAI.

Na ocasião, os representantes do SENAI explicaram aos empresários e seus representantes sobre o funcionamento do programa e seus benefícios sociais e também de retorno empresarial. O Senai-Muriaé já atende a Cristal Temper e o setor de confecções. A partir de então, pretende-se alargar as áreas de treinamento. A instituição passará a criar novos formatos de curso para atender ao setor de supermercados, qualificando os alunos conforme demanda do setor.

No Programa Jovem Aprendiz os participantes recebem curso teórico e prático gratuito. O empresário, diferente de outros programas de inclusão de jovens no mercado de trabalho, arca apenas com o salário e vale-transporte.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico sonda os setores da economia local que precisam de mão-de-obra especializada, ao realizar pesquisas e análise das carências de cada segmento. O SENAI apresentará uma proposta de curso para atender as empresas em suas especificidades. Ficará a cargo das empresas a seleção dos jovens que serão contratados.

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

Conta de energia vira boleto bancário

Publicado em 29/03/2019 às 15h23

Novidade facilita o pagamento para os clientes, amplia a rede de recebimento e torna o processo mais seguro

 

A conta de luz mudou para melhor: ela acaba de virar boleto bancário para tornar o processo de pagamento ainda mais fácil, rápido e seguro para os clientes. A novidade, que amplia a rede de recebimento da fatura, começa a ser implementada nesta segunda-feira, 1º de abril, em 61 cidades da área de concessão da Energisa Minas Gerais. A primeira cidade a receber a novidade foi Astolfo Dutra em novembro do ano passado.

 

A etapa de mudança encerra em julho deste ano quando os clientes de Cataguases, Leopoldina, Muriaé e Manhuaçu também passam a receber o boleto bancário.

 

A conta em boleto bancário permite que o pagamento seja realizado em qualquer agência bancária, independente de convênio, casa lotérica, correspondente bancário e meios eletrônicos.

 

Cristiana Rios, gerente corporativa de Recursos Financeiros, destaca que a iniciativa é uma forma de deixar o pagamento da conta mais prático e seguro, garantindo mais conforto para os clientes. “Por isso estamos investindo em facilidades que tragam mais conforto e praticidade no dia a dia”. Ela destaca que o cliente também poderá escolher onde pagar, garantindo, assim, maior comodidade. Mas é preciso ficar atento na hora de pagar pela internet banking, aplicativo de celular ou no caixa eletrônico: ao invés de escolher conta de água, energia e telefone, ele deve optar por boleto bancário.

 

Com a novidade que está sendo implementada em todo o Grupo Energisa, o formato da conta fica um pouco maior e não muda nada sobre o pagamento. Caso o cliente, pague o boleto bancário após o vencimento, a cobrança de encargos por atraso no pagamento será feita apenas na próxima fatura como já acontece hoje.

 

Para tirar dúvidas sobre a mudança, o cliente receberá um informativo e terá à disposição um guia explicativo no site da Energisa em www.energisa.com.br, além dos outros Canais de Atendimento, como o 0800 032 0196, o aplicativo Energisa On e agências de atendimento presencial.

Cadastro atualizado amplia acesso do cliente às informações e serviços 

Com os dados atualizados, o cliente da Energisa passa a ter acesso aos serviços disponíveis nos canais de comunicação da Energisa e ainda evita constrangimentos. Por meio do site da Energisa, do aplicativo Energisa On e das redes sociais (Facebook e Twitter), os clientes têm acesso aos principais serviços que hoje estão disponíveis na agência presenciais com mais conforto da sua casa e de qualquer lugar.


Outra vantagem em manter o cadastro atualizado, é que o cliente pode utilizar a conta de energia elétrica como comprovante de residência. Além disso, todos os outros serviços oferecidos pela Energisa só podem ser realizados quando solicitados pelo titular da conta de energia elétrica ou representante legal. Com dados atualizados, o cliente receberá diversas informações sobre o seu contrato com a empresa, como algum impedimento de leitura, agendamento de algum serviço solicitado por ele, ou até mesmo sobre alguma manutenção na rede na região onde o cliente está.

Como atualizar os dados cadastrais
Para atualizar os dados, o cliente que já é titular da conta pode entrar no site (www.energisa.com.br) com login e senha, atualizar o seu cadastro e clicar em salvar. A atualização também pode ser feita por meio das redes sociais Facebook e Twitter da Energisa. Basta o cliente entrar pelo chat com um dos nossos atendentes, disponíveis de 6h às 00h (meia noite), de segunda a domingo, passar os dados e o atendente faz a atualização. No aplicativo Energisa On, o cliente pode tirar uma foto dos documentos e enviar pelo aplicativo que feita a atualização. Outra opção, é ligar no 0800 032 0196, e atualizar os dados pelo Call Center com um de nossos atendentes.

Categoria: Geral
Comentários (0) e Compartilhar

Governo brasileiro envia insumos e medicamentos a Moçambique

Publicado em 29/03/2019 às 09h30

País africano afetado por ciclone vai receber medicamentos e insumos para atender até 3 mil pessoas por um período de três meses. Avião parte nesta sexta-feira (28), do Rio de Janeiro

Nesta sexta-feira (29), dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) partem do aeroporto do Galeão (RJ) para o país Moçambique, levando medicamentos e insumos estratégicos fornecidos pelo Ministério da Saúde do Brasil, além de equipes do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais e da Força Nacional do Ministério da Justiça. Ao todo, serão enviados seis kits de medicamentos e insumos, totalizando 870 kg, quantitativo suficiente para atender até 3 mil pessoas por um período de três meses.

"O Brasil contribui para apoiar outros países em situação de necessidade emergencial. Essas doações, que acontecem por meio de cooperação humanitária, não privam os brasileiros do direito ao acesso a medicamentos, que são enviados apenas quando não comprometem o abastecimento nacional", disse o ministro da Saúde do Brasil, Luiz Henrique Mandetta.

A cooperação humanitária visa ajudar o país africano, que sofre com as consequências da passagem do ciclone Idai, no início deste mês de março. Os materiais que serão enviados pelo Ministério da Saúde foram definidos a partir de consulta realizada à Secretaria de Vigilância em Saúde e (SVS) e Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos (SCTIE) da pasta. O anúncio do envio foi feito ao Grupo de Trabalho Interministerial de Assistência Humanitária (GTI-AHI), durante reunião realizada nesta quarta-feira (27),  em Brasília. O GTI-AHI é formado por 15 órgãos da Administração Pública Federal, entre eles, o Ministério da Saúde.  

Cada kit é capaz de atender até 500 pessoas por um período de três meses. Integram os kits, medicamentos diversos, dentre eles antibióticos, anti-hipertensivos e antitérmicos, como penicilina, amoxicilina, paracetamol e soro para hidratação; além de materiais de primeiros socorros, como ataduras, gazes, luvas, máscaras, seringas, esparadrapos, entre outros.

COOPERAÇÃO HUMANITÁRIA

O Brasil está inserido, tanto em cooperações internacionais técnicas quanto humanitárias, para apoiar países vulneráveis ou em situação de emergência. O Ministério da Saúde estabelece essas relações por meio de doação de medicamentos e demais insumos de saúde.

Além do dever moral de auxiliar países e pessoas em situação de necessidades básicas de saúde, as ações de cooperação humanitária também reforçam o compromisso institucional que o Brasil tem com a cooperação internacional, princípio consagrado na Constituição brasileira. No âmbito da cooperação humanitária internacional, em 2018, o Brasil realizou 24 doações, e em contrapartida recebeu dez cargas de medicamentos para o tratamento de hanseníase e tuberculose.

Por Camila Bogaz, da Agência Saúde

Categoria: Geral
Comentários (0) e Compartilhar

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left show fwR tsN|bnull|||login news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|c05|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||