“Janeiro Branco” conscientiza para cuidado com saúde mental

Publicado em 21/01/2019 às 21h24

Campanha realizada em Muriaé pela Prefeitura contou com roda de conversa com pacientes do CAPS na Praça João Pinheiro

Para lembrar as pessoas de cuidarem não só da saúde física, mas também da mental, a Prefeitura de Muriaé, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou uma roda de conversa na Praça João Pinheiro, Centro, na manhã da última sexta-feira (19), abordando a temática.

Durante o encontro, os pacientes do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS II) e Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD III) deram depoimentos e cantaram músicas religiosas e populares.

“Buscamos a cada dia valorizar o serviço do CAPS, porque Muriaé tinha muito a cultura da internação. Depois da abertura do CAPS mostramos que realmente é um serviço muito importante e o quanto o quadro de saúde desses pacientes evoluiu positivamente”, afirma a referência de Saúde Mental de Muriaé, Cintia Muglia. “Pela internação ser um tratamento involuntário, fazendo com que as pessoas ficassem longe de suas famílias, e por não ter sido trabalhado nelas a inserção social, o tratamento não tinha essa eficácia real para o paciente como tem hoje”, completa Cintia.

Ainda quando criança, a paciente A. C. sofreu abusos do pai, e com isso começou a desenvolver quadros de choro, agressividade e isolamento social. Após a morte da mãe, foi diagnosticada com transtorno de ansiedade generalizada e chegou, inclusive, a ser internada duas vezes em uma clínica psiquiátrica. Hoje, com o diagnóstico de esquizofrenia paranoide, recebe tratamento no CAPS há dois anos. “Na clínica o meu quadro piorou. Depois que fui encaminhada para o CAPS consigo viver melhor, ando sozinha na rua. Tenho ainda alguns momentos de ansiedade, mas estou bem controlada. O CAPS é minha segunda família”, conta.

 Parte integrante da Secretaria Municipal de Saúde, a Saúde Mental atende atualmente mais de 700 pacientes por mês. Os usuários são assistidos por equipe multidisciplinar no CAPS II (bairro São Francisco), no CAPS AD III (Encoberta) e na Unidade de Acolhimento Adulto, que funciona 24 horas. Os pacientes são encaminhados para tratamento nos CAPS pela Unidade Básica de Saúde (UBS).

“Janeiro Branco” - Na aquarela de cores adotadas a cada mês, a fim de chamar a atenção para algum tipo de assunto importante (Outubro Rosa, contra o câncer de mama; Novembro Azul, contra o câncer de próstata; Dezembro Laranja, alertando sobre o câncer de pele, por exemplo), psicólogos brasileiros criaram a campanha Janeiro Branco. A iniciativa utiliza o mês em que tradicionalmente as pessoas estão mais focadas em resoluções e metas para o ano com o objetivo de instigar nelas maior cuidado com o seu bem-estar psíquico.

 

Categoria: Muriaé
Tags: CAPS, Janeiro Branco

Enviar comentário

voltar para Notícias

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left show fwR tsN|bnull|||login news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|c05|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||