Muriaé se prepara para realizar nova Conferência Municipal de Saúde

Publicado em 28/03/2019 às 09h09

Encontro seleciona delegados para atuarem na seleção de propostas que resumam as principais necessidades da saúde básica do município

A primeira etapa da Pré-Conferência Municipal de Saúde aconteceu ontem (27), no auditório do Prontocor. Foram tratados assuntos relativos à 'Consolidação dos princípios do SUS' e aos 'Financiamentos adequados e suficientes para o Sistema Único de Saúde'. No encontro foram escolhidos 12 delegados para participarem da VIII Conferência Municipal de Saúde, que ocorrerá nos próximos dias 4 e 5, de 18h até 22h, no auditório da Unifaminas.

As conferências são encontros de profissionais da saúde onde acontecem palestras e formação de grupos de estudo para estabelecerem as principais propostas que deverão melhorar a saúde no município.

Trinta e seis delegados deverão ser escolhidos nas três pré-conferências que propõem reunir pessoas de todos os bairros e distritos de Muriaé. Doze já foram escolhidos nesta primeira etapa realizada no Prontocor. Mais 12 serão indicados na reunião de hoje, na Associação do Bairro Santana, às 19 horas. Outros 12, amanhã, no encontro que acontecerá no auditório do Hospital São Paulo, no mesmo horário.

O secretário de Saúde, Paulo César de Oliveira, esclareceu sobre as necessidades pelas quais o município passa e as atuais condições da saúde primária.

"As pré-conferências são uma forma de trazer à população para discutirmos as deficiências que acontecem na saúde hoje. Estamos sem receber recursos da esfera estadual e federal. As nossas carências estão principalmente na Atenção Primária. Até hoje não recebemos nem 50% do que deveríamos receber. O município está custeando o serviço praticamente sozinho. Contamos apenas com uma mínima participação da União", lembrou o secretário.

A presidente do Conselho de Saúde de Muriaé, Jaqueline Ribeiro, falou da importância de cada representante trazer as carências de seu bairro ou extensões próximas. "Tais pessoas devem trazer todas as necessidades da população em relação à saúde básica para que os delegados escolham aquelas que melhor classificam as deficiências da cidade", enfatizou.  

As propostas selecionadas pelos delegados serão enviadas para a esfera estadual. Logo após a conferência em Belo Horizonte, sairão novas indicações, com as necessidades dos municípios mineiros, que deverão ser direcionadas para um encontro nacional. Tão logo isto aconteça, será montado um laudo das maiores deficiências na saúde do país.

Categoria: Muriaé
Tags: Conferência, saúde

Enviar comentário

voltar para Notícias

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left show fwR tsN|bnull|||login news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|c05|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||