Biologando

Menina com síndrome de Down recusada em 4 escolas particulares celebra formatura em escola pública

Publicado em 19/12/2018 às 10h14

Com sorriso doce e olhar valente, a pequena Valentina venceu o preconceito!

A pequena Valentina, 6 anos, acaba de se formar no ensino infantil em uma escola pública, depois de ser rejeitada em quatro escolas particulares.

Valentina tem síndrome de Dow e algumas particularidade, como dificuldade para andar e se alimentar. Sua mãe, Rita Arena, quase desistiu da colocar Valentina na escola devido ao preconceito.

As escolas, tanto da rede pública quanto privada, por lei, devem aceitar até três alunos especiais por turma. Mas Rita conta que não é bem isso o que acontece na prática. Valentina foi recusada em quatro escolas particulares, em Taubaté (SP), onde a família mora.

Rita coordena um grupo de apoio com outras mães e pais de filhos especiais e as histórias de rejeição são parecidas. “É muito triste a gente ter que passar por isso. Eu mesma quase fiquei desacreditada [na lei] e quase não levei a Vava para a escola.

“Quando chegava na porta das escolas, o pessoal devia pensar ‘nossa, tem Down, não anda, não come, usa fralda’. Foram quatro negativas muito tristes, até que eu achei a escola municipal. Eu fui muito acolhida”, afirma Rita, que administra a página Família Down Taubaté e Reg. no Instagram.

Rita e Valentina encontraram acolhimento na EMEI Maria Pereira Santiago. Foram recebidas de abraços abertos pela diretora Shirlei Cândido e professoras como a Amanda Maciel. Amanda foi professora de Valentina por dois anos e contou sobre a inclusão da aluna.

“Já conhecia a síndrome de Down. Busquei mais informações e fiz jogos e atividades para atender às necessidades dela. Este ano foi um novo desafio. Pedimos para que ela ficasse mais um ano comigo. Então, fiquei responsável por integrá-la à turma nova, com colegas que não a conheciam. Conscientizei os alunos sobre o tema da inclusão, mostrei as capacidades dos alunos especiais e seus direitos com uma abordagem lúdica”, lembra Amanda.

“Conscientes também de que ao longo da sua vida escolar e acadêmica poderão encontrar outros colegas com diferentes necessidades especiais. Um dos objetivos do projeto era prepará-los para apoiar, aceitar e lutar pela causa, começando pela educação infantil, que é a estrutura de toda a base escolar.”

Chegou, então, o dia da formatura de Vava! A menina entrou na cerimônia caminhando com a ajuda de um andador cor de rosa, feito com canos de PVC. Presente de um voluntário da EMEI Maria Pereira Santiago, a pedido de Amanda, e que trazia os nomes das professoras e colegas de Valentina.

“Foi o que mais me emocionou. Ver ela andar sozinha, vencendo a timidez. Não teve como segurar [a emoção] e não foi só a gente, mas a escola inteira chorando. Porque foram muitas vitórias durante todo esse processo. Vitória alimentar, vitória contra a timidez, da questão da autonomia. Foram muitas vitórias, mas essa foi demais!”, ressalta Rita.

Segundo a professora Amanda, faltam palavras para expressar o que sentiu naquele momento. Mas ela diz que a saudade de Vava já era grande, pois viu a menina evoluir bastante no tempo em que estiveram juntas.

“Valentina evoluiu muito ao longo desses dois anos. Ela é uma criança incrível, nunca desiste dos seus desafios. Nunca está triste e nunca chora. Não fiz mais por ela do que ela fez por mim. Ela me ensinou muito mais do que eu ensinei pra ela. Jamais esquecerei do seu sorriso doce e seu olhar valente.”

Fonte: Razões para Acreditar

Categoria: Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

Feira de adoção pretende garantir novo lar para cães de rua em Muriaé

Publicado em 17/12/2018 às 15h54

Evento acontece dia 22, na Praça João Pinheiro, das 8h30min às 17h; serão 30 animais disponibilizados para adoção

Que tal adotar um amiguinho neste fim de ano? A Prefeitura de Muriaé, por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), realiza no dia 22 deste mês (sábado) mais uma edição da Feira de Adoção de Cães, com o objetivo de encontrar um novo lar para cerca de 40 animais.

A Feira está marcada para começar às 8h30min e se estenderá até às 17h na Praça João Pinheiro, Centro. Para adotar um animalzinho é necessário apresentar Carteira de Identidade e comprovante de residência atualizado.

A Prefeitura informa que os animais (de pequeno, médio e grande porte) estão vacinados, vermifugados e a maioria são castrados - eles foram resgatados das ruas e receberam tratamento no CCZ, portanto, estão totalmente recuperados.

“Esta é uma oportunidade para que esses cães tenham uma nova história, haja vista que o sofrimento deles e dos animais em geral começa com o abandono. Agora, com a Feira, eles terão a oportunidade de ter um lar e receber todo o carinho de seus donos”, afirma a diretora da Saúde Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde, Carla Morcerf. Esta é a última edição da Feira de 2018.

 

Serviço

Feira de Adoção de Cães:

Data: 22 de dezembro (sábado)

Horário: das 8h30min às 17h

Local: Praça João Pinheiro, Centro

É necessário apresentar Carteira de Identidade e comprovante de residência atualizado

 

Categoria: Animais
Comentários (0) e Compartilhar

Aos 88 anos, mãe encontra filha que pensou ter morrido no parto

Publicado em 17/12/2018 às 15h23

A senhora Genevieve Purintonl, hoje com 88 anos, levou 69 anos para descobrir que a filha, durante um trabalho de parto, não havia morrido como haviam informado, mas que estava viva e que viveu uma vida saudável e longínqua, tal como sua mãe. O grande encontro delas, separadas por inacreditáveis sete décadas foi gravado em vídeo, e conta com um emocionante abraço de carinho entre elas.

Genevieve tinha apenas 18 anos de idade quando deu à luz a sua única filha em vida, no ano de 1949. Após o parto, ela pediu para ver seu bebê, mas os médicos disseram que sua filha havia morrido. Tal mentira covarde jamais foi esclarecida e certamente os próprios médicos responsáveis pelo parto já faleceram.

A idosa, agora com 88 anos, vive em um asilo que também é uma instituição de assistência na cidade de Tampa, estado da Flórida (EUA). Com a morte de todos os seus oito irmãos, Genevieve acreditava que estivesse sozinha, até receber um cartão de uma mulher chamada Connie Moultroup. o cartão, Moultroup deixou seu número de telefone e um recado, no qual afirmava ser a filha perdida de Genevieve.

Descobrindo o paradeiro da mãe

Num telefonema, Moultroup disse ter sido adotada por uma mulher que morreu quando ela tinha apenas 5 anos de idade; seu padrasto casou-se novamente com uma outra mulher, que frequentemente a maltratava.

Durante sua adolescência, e por muito tempo em diante, Moultroup fantasiava que sua mãe biológica iria resgatá-la daquele caos. Infelizmente, isso nunca aconteceu, mas nem tudo estava perdido. Um ano antes do reencontro, ela recebeu como presente de Natal da filha de 50 anos um kit de DNA de uma empresa chamada “Ancestry”. O kit demonstrou ligações e conexões genealógicas com a família de Genevieve. “Eu disse: ‘Aqui está o nome da minha mãe’”, disse Moultroup, eufórica.

Após longos 69 anos de separação, finalmente, Moultroup e Genevieve se conheceram, se abraçaram e conversaram numa sala da unidade de enfermagem do asilo, e a reunião não foi nada menos do que emocionante. A idosa de 88 anos descobriu que sua filha estava viva e mais: ela tinha uma neta e dois bisnetos. A família cresceu novamente.

Veja o momento do reencontro:

 

Categoria: Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

Papai Noel se joga no chão para atender jovem autista e viraliza

Publicado em 13/12/2018 às 09h57

Um Papai Noel mostrou o verdadeiro espírito natalino ao dar um exemplo nobre: ele se jogou no chão pra tirar foto com um garoto autista. A lição de humildade foi do bom velhinho João Prim, que trabalha no Shopping Itaguaçú de São Jose, em Santa Catarina.

Tudo começou porque Vitor, de 14 anos, teve a reação inesperada de se jogar no chão quando viu o Papai Noel. Aí João não teve dúvida, entrou no jogo e resolveu alegrar o menino da maneira como ele via a felicidade.

Quem mais se emocionou com a atitude foi a mãe dele, Jussania Maria Tholl, que acompanhava o menino. “Esse é o Papai Noel mais lindo que já conheci. Esse é meu filho Vítor, ele é autista, e quando o Vítor se jogou no chão ele [o Papai Noel] também se deitou no chão. Papai Noel mais fofo não existe”, escreveu ela em sua página no Facebook.

Viralizou

A postagem viralizou e já recebeu milhares de compartilhamentos. “O mundo precisa de pessoas assim! O verdadeiro Papai Noel, que história linda de Natal”, dizia um dos comentários.

Jussania contou que ficou emocionada com o gesto. “O Papai Noel poderia ter ficado sentado, só olhando… Mas, não. Ele resolveu se jogar no chão também. Neste momento, eu pensei: ‘Que lindo, ele fez isso pelo meu filho'”, relembrou Jussania, que também é mãe de Gabriel, 20, e Bruna, de 17 anos.

Agradecimento

Nas redes sociais, o Papai Noel João Prim agradeceu aos elogios. “Amigos, agradeço o carinho de todos. É gratificante ser Papai Noel e levar o verdadeiro sentido da vida às pessoas, com gestos concretos de igualdade, amor e fraternidade. Afinal de contas, somos aquilo que conseguimos compartilhar com todos dentro do Espírito do Natal”, escreveu ele, compartilhando a foto ao lado de Vitor.

O Shopping Itaguaçu, onde João Prim trabalha há mais de três anos, também se manifestou.

“O nosso bom velhinho é bom de verdade e está ficando famoso pela sua generosidade e amor pelas crianças. Pra ele a missão é levar alegria e fazer alguém feliz neste Natal”, diz o texto postado na página do centro de compras.

Com informações do Bol

Categoria: Ciência, Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

Suco de laranja todo dia reduz risco de demência em 50%

Publicado em 10/12/2018 às 16h27

Beber um copo de suco de laranja todos os dias pode reduzir significativamente o risco de contrair demência, revela estudo da Universidade de Harvard.

Pesquisadores rastrearam quase 28 mil homens por duas décadas para examinar como o consumo de frutas e verduras afetou a capacidade cerebral.Eles descobriram que os homens que bebiam um copo pequeno de suco de laranja tinham 47% menos chances de dificuldade na memória, de seguir instruções, ou andar em áreas familiares.

O principal autor do estudo, Changzheng Yuan, disse que a ingestão a longo prazo de vegetais, frutas e suco de laranja “pode ser benéfica” para manter a função cognitiva. “Frutas e vegetais são ricos em vitaminas e nutrientes, incluindo antioxidantes, que podem ajudar a proteger o cérebro”, disse a pesquisadora Hannah Gardener, da Universidade de Miami, que não participou da pesquisa.

Esses benefícios para a saúde podem proteger o cérebro de um acúmulo de moléculas indesejáveis e manter um suprimento saudável de sangue para o cérebro. Lapsos na memória, compreensão e episódios de confusão podem ser sinais precoces de declínio cerebral que podem, em última análise, levar à demência com risco de vida. Não há cura para a doença, mas os cientistas tentam encontrar uma cura para o distúrbio que rouba a memória há anos.

A pesquisa

Os participantes do estudo da Universidade de Harvard, publicado na revista Neurology, responderam a questionários sobre o que comeram a cada quatro anos. Esta nova evidência reitera a importância de uma dieta saudável para evitar a degeneração do cérebro que vem com a velhice.

Os pesquisadores classificaram os homens – com idade média de 51 anos no início do estudo – em cinco grupos com base na ingestão de frutas e verduras. O grupo com o maior consumo comeu cerca de seis porções de legumes por dia, em comparação com duas porções para o grupo com o menor consumo.

Uma porção de vegetais é considerada uma xícara de vegetais crus, ou duas xícaras de verduras. Para frutas, o grupo de topo comeu cerca de três porções por dia, em comparação com metade de uma porção no grupo de fundo. Uma porção de fruta é considerada uma xícara de fruta ou meia xícara de suco de fruta.

Para medir como isso afetava a saúde do cérebro, os pesquisadores realizaram testes de raciocínio e habilidades de memória quando os homens estavam com 73 anos, em média. Os testes perguntaram coisas como se as pessoas poderiam se lembrar de eventos recentes ou itens em listas de compras.

No geral, 6,6% dos homens que consumiram a maioria dos vegetais desenvolveram pouca função cognitiva e tiveram desempenho ruim nos testes, em comparação com 7,9% dos homens que comeram menos.

Suco de Laranja

O consumo de frutas, em geral, não pareceu influenciar o risco de problemas cognitivos moderados. Apenas 6,9 pessoas que bebiam suco de laranja todos os dias desenvolveram uma função cognitiva ruim. Em comparação, o número era de 8,4% dos homens que tomavam suco de laranja menos de uma vez por mês. “O papel protetor do consumo regular de suco de frutas foi observado principalmente entre os homens mais velhos”, disse Yuan.

“Como o suco de frutas é geralmente rico em calorias provenientes de açúcares de frutas concentrados, geralmente é melhor consumir não mais do que um copo pequeno por dia.”

O estudo não pretendia encontrar a ligação entre uma dieta saudável e memória, mas faltavam dados sobre as habilidades de memória dos participantes no início do estudo, o que teria mostrado como sua dieta poderia ter influenciado isso ao longo do tempo. A Dra. Hannah Gardener acrescentou: “O consumo de frutas e vegetais pode ser uma peça do quebra-cabeça para manter a saúde cognitiva e deve ser visto em conjunto com outros comportamentos”.

Com informações do Daily Mail

Fonte: Só Notícia Boa

 

Categoria: Ciência, Saúde
Comentários (0) e Compartilhar

Mãe vê filho acordar do coma após 12 anos: “Nunca desisti dele”

Publicado em 10/12/2018 às 09h22

Uma mãe que cuidou do filho durante 12 anos, viu o rapaz finalmente acordar do coma. O chinês Wang Shubao sofreu um grave acidente de carro e ficou tetraplégico, na cama durante todo esse tempo. “Nunca desisti dele”, afirmou a mãe, Wei Mingying, de 75 anos, em entrevista a jornalistas chineses.

O caso surpreendeu o país e se espalhou nas redes sociais.

História

Wang Shubao tinha 36 anos quando sofreu o acidente que tirou os movimentos do corpo dele, em 2006. Sem a presença do pai, que havia morrido quando ele ainda era criança, o chinês passou a ser cuidado todos os dias por sua mãe. Wei Mingying dava banhos, fazia massagem em seu corpo e o alimentava por meio de um tubo ligado ao estômago. Em imagens captadas pela televisão chinesa, o homem sorri ao sentir o carinho de sua mãe.

De acordo com Wei Mingying, a risada é a única maneira de seu filho comunicar-se com ela.

Sem dinheiro

Apesar de contrair diversas dívidas para manter o tratamento do filho — chegando a ficar sem dinheiro para comprar alimentos para si própria — a senhora de 75 anos afirma que tudo valeu à pena. “Espero que ele se recupere e possa me chamar de ‘mãe’ de novo um dia”, afirmou Mingying à TV chinesa.

Com informações da Galileu

Fonte: Só Notícia Boa

Categoria: Opinião, Saúde
Comentários (0) e Compartilhar

Filho surpreende pais pagando a hipoteca como presente de Natal

Publicado em 06/12/2018 às 17h26

O americano Joey Trombone surpreendeu seus pais com um incrível presente de Natal que externaliza toda sua gratidão e amor por eles.

Enquanto a família descansava no sofá naquela descompromissada manhã de quinta-feira, Joey sentou-se entre seus pais e retirou do bolso um envelope branco, com os dizeres: “Eu tenho um presente para vocês – para vocês dois”.

Sua mãe olhou com curiosidade e talvez um pouco de espanto do porquê tal presente veio sem qualquer embrulho de Natal. Afinal que tipo de presente viria em um envelope simples, fechado e sem graça? Ela demorou um pouco para abri-lo e comentou a Joey que este deveria ser especial, já que veio depois de todos os outros presentes.

O envelope continha uma nota escrita à mão que listava três itens, cada um com uma pequena caixa marcada com um sinal de “V”. Os itens diziam: “criar as crianças”, “bancar o colégio” e “hipoteca”. A nota terminava com uma mensagem: “Sua casa foi paga. Feliz Natal! – Joey”.

Sua mãe sacudiu o bilhete com descrença e chorou de alegria ao entregá-lo ao marido para ele ler também.

A mãe abraçou e beijou seu filho repetidamente, soluçando e dizendo: “Ah, eu te amo. Obrigado, obrigado Papi!”

Quando o pai de Joe leu a nota, ele também desabou em lágrimas e quando finalmente conseguiu se recompor,  abraçou seu filho agradecendo-lhe pelo presente maravilhoso.

Os três terminaram com um abraço familiar de derreter o coração.

Veja o momento que Joey entrega o presente aos pais:

O vídeo viralizou internet afora, e já acumula mais de 11 milhões de visualizações no YouTube.

Fonte: Razões para Acreditar

Categoria: Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

Atlas traz ações que podem reduzir morte por câncer ligado ao trabalho

Publicado em 06/12/2018 às 08h36

Na publicação, o Ministério da Saúde identificou 900 agentes cancerígenos que, se evitados, podem reduzir o risco de adoecimento por câncer no ambiente laboral

Evitar o contato com poeiras orgânicas, agrotóxicos, metais, solventes, produtos petroquímicos, radiação podem reduzir em até 37% os casos de alguns cânceres relacionados ao trabalho no país. Para subsidiar ações de prevenção à exposição ocupacional, o Ministério da Saúde lançou nesta terça-feira (4/12) durante a 2ª Jornada Nacional de Saúde do Trabalhador e Trabalhadora que acontece em Brasília, o Atlas do Câncer Relacionado ao Trabalho. A publicação, que é inédita, estima a doença ou evento relacionado à saúde que seria prevenido caso o fator de risco fosse eliminado. No mapeamento da mortalidade por cânceres relacionada ao trabalho, foram identificados os 900 agentes com alto potencial cancerígeno mais presentes nos ambientes de trabalho e que podem ser evitados com medidas preventivas, como o uso de materiais e equipamentos.

“O câncer relacionado ao trabalho possui impacto importante no potencial de anos de vida perdidos, de anos de trabalho perdidos e no tempo de vida. Por isso, identificar os agentes cancerígenos e avaliar os riscos a que os trabalhadores estão expostos é o primeiro passo para adotar medidas preventivas que impactam no não adoecimento do trabalhador”, explica Daniela Buosi, Coordenadora Geral de Vigilância em Saúde Ambiental na Ministério da Saúde do Brasil.

A publicação relaciona 18 tipos de cânceres efetivamente ligados à atividade diária dos trabalhadores, seja pela ocorrência de um longo período de exposição a fatores ou condições de risco do ambiente de trabalho. “O Mesotelioma é uma doença totalmente causada pelo ambiente de trabalho já que é provocada pelo contato direto com o amianto, ou seja, a ação de prevenção é não ter esse contato com uma substância que já é proibida no país”, ressalta Daniela Buosi. A não exposição aos agentes ainda impactaria na redução de até 37% das mortes por câncer por Leucemias; até 15% de mortes relacionadas a câncer por Tireoide, até 15,6 dos óbitos por câncer de Pulmão,Brônquios e Traqueia e até 14,25% dos óbitos por Linfomas Não-Hodgkin.

“O Atlas e as análises que ele traz possibilita entender o comportamento desta doença, no tempo e no espaço, subsidiando a avaliação e o planejamento de políticas públicas de atenção integral a saúde dos trabalhadores e trabalhadoras, envolvendo desde a detecção precoce da doença até o acesso aos serviços de saúde, incluindo as ações de promoção e prevenção, com o aprimoramento da vigilância em saúde", ressalta a coordenadora.

Clique aqui para conhecer o Altas

AÇÕES DE VIGILÂNCIA

O mais recente projeto desenvolvido pelo Ministério da Saúde que busca eliminar fatores de risco evitáveis associados ao câncer, bem como o diagnóstico precoce,

É o projeto Carex Brasil, uma base de dados que contém estimativas do número de trabalhadores ocupacionalmente expostos a cancerígenos por ramo de atividade, de trabalhadores empregados, dados e definições sobre os agentes cancerígenos, número de expostos por ocupação, detalhamento dos procedimentos metodológicos e bibliografia empregada. Esse projeto permite que matrizes de exposição sejam elaboradas para que a vigilância em saúde do trabalhador realize ações de prevenção nos ambientes de trabalho, incluindo inspeções, por exemplo.

Outra ação realizada pelo órgão são as Diretrizes para Diagnóstico e Tratamento de Intoxicações por Agrotóxicos. Uma série de publicações com diretrizes para exposição à agrotóxicos estão sendo elaboradas para prevenção da exposição e manejo de paciente intoxicado. Essas diretrizes abordam tanto exposições gerais como exposições aos agrotóxicos mais comercializados no Brasil, que é o maior mercado de agrotóxicos do mundo.

Além disso, o Ministério da Saúde vem realizando ações de vigilância de populações expostas a contaminantes químicos e a poluição atmosférica. Por meio dos mais de 213 Centros de Referência em Saúde do Trabalhador distribuídos pelo território brasileiro, são realizadas ações de vigilância, promoção e prevenção em saúde do trabalhador.

Por Victor Maciel, da Agência Saúde

Categoria: Ciência, Saúde
Comentários (0) e Compartilhar

Fraldas laváveis estão de volta com novo sistema higiênico

Publicado em 05/12/2018 às 16h24

Fraldas laváveis de algodão estão de volta e agora com um sistema higiênico. Elas vem com uma folha biodegradável que retém as fezes. Esta folha vai para a lata de lixo e mantém a fralda praticamente limpa. Para ter certeza de que você não precisa tocar em nada que não queira, as fraldas laváveis são colocadas em um balde que tem uma rede no interior.

Quando o balde estiver cheio, você retira a rede e coloca a fralda numa máquina de lavar. Se você estiver em trânsito, fora de casa, há o saco úmido: completamente à prova d’água. Além disso, elas são mais baratas, melhores para o meio ambiente e ainda protegem a pele do bebê.

Economia

A novidade vem da Europa. Há cerca de 3 anos, Anne e Hanna começaram o billenboetiek, ou boutique das nádegas, em português. Com base na própria experiência, elas sabiam o que podiam e tinham que fornecer e passaram a vender as fraldas numa loja virtual com sede na Holanda. Para o bolso dos pais também é um alívio: um pacote com 36 fraldas laváveis equivale a 6.000 descartáveis.

Sustentáveis

Mas o argumento mais forte para fazer a mudança para fraldas laváveis é o meio-ambiente. Todos os anos, as fraldas descartáveis geram 7,6 bilhões de quilos de lixo somente nos EUA! 

Isso é suficiente para ir até a lua e voltar 9 vezes. A boutique das nádegas vende fraldas para 3% dos habitantes holandeses – portanto, 3% de 18 milhões de pessoas –  com isso, eles já economizaram mais de 1 milhão de fraldas descartáveis.

Clique aqui para ver como comprar as fraldas ambientalmente amigáveis e baratas.

Com informações do BrightVibes

Categoria: Meio Ambiente, Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left show fwR tsN|bnull|||login news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|c05|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||