Biologando

Mais da metade dos jovens acompanhados no SUS têm alimentação inadequada

Publicado em 18/10/2018 às 10h04

Dados do SISVAN apontam que muitos adolescentes têm alimentação com produtos industrializados e/ou processados

Os adolescentes acompanhados pelos serviços de atenção básica, do Sistema Único de Saúde (SUS), estão se alimentando mal. Dados do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN), apontaram que, em 2017, 55% deles consumiram produtos industrializados regularmente, como macarrão instantâneo, salgadinho de pacote ou biscoito salgado. Além disso, 42% desses jovens ingeriram hambúrguer e/ou embutidos; e 43% biscoitos recheados, doces ou guloseimas. Os números foram divulgados nesta terça-feira (16/10), data que é comemorada o Dia Mundial da Alimentação, e vem como um alerta para a má alimentação por esta parcela da população.

Para o coordenador-substituto de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Eduardo Nilson, os jovens precisam se atentar mais à alimentação adequada. “Dados revelam que adolescentes com obesidade aos 19 anos têm 89% de chance de ser obeso aos 35 anos, por isso é necessário investir na promoção de uma alimentação adequada e saudável, especialmente na infância e na adolescência, tendo em vista a relação de práticas alimentares inadequadas com o aumento da obesidade na população.”

O balanço também trouxe dados por região, que mostram que o Sul do país é o que apresenta a maior quantidade de jovens consumindo hambúrguer e/ou embutidos; macarrão instantâneo, salgadinho de pacote ou biscoito salgado, com 54% e 59% respectivamente. Já o Norte vem com o menor percentual nesses dois grupos, com 33% e 47%, respectivamente. Quando o assunto são biscoitos recheados ou guloseimas, a região Sul, também está na frente (46%), mas empatada com os jovens nordestinos (46%).

Quando falamos por sexo, os percentuais mostram que o consumo de industrializados, fast foods e alimentos doces recheados/guloseimas não se diferenciam muito, sendo um pouco maior nos meninos. O primeiro grupo alimento, por exemplo, é consumido por 58% deles, enquanto as adolescentes representam 54%. O segundo é alimento de 41% dos jovens do sexo masculino e 38% do feminino. Já os recheados, são preferência de 42% deles e 41% delas.

Os maus hábitos à mesa têm refletido na saúde e no excesso de peso dos adolescentes. Números da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PENSE) trouxeram que 7,8% dos adolescentes das escolas entre 13 e 17 anos estão obesos, sendo maior entre os meninos (8,3%) do que nas meninas (7,3%). O Sisvan revela que 8,2% dos adolescentes (10 a 19 anos) atendidos na Atenção Básica em 2017 são obesos.

ALIMENTAÇÃO DOS ADULTOS

Os brasileiros adultos já demonstram hábitos mais saudáveis, de acordo com a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), de 2017, do Ministério da Saúde. Isso porque, o consumo regular de frutas e hortaliças cresceu 4,8% (de 2008 a 2017), e o consumo de refrigerantes e bebidas açucaradas caiu 52,8% (de 2007 a 2017).

A pesquisa percebeu, também, que a ingestão regular (em 5 ou mais dias na semana) destes alimentos aumentou em ambos os sexos, mas o crescimento geral ainda foi menor que 5,0% no período de 2008 a 2017. Quando observado o consumo recomendado, 5 ou mais porções por dia em cinco ou mais dias da semana, houve aumento de mais de 20% entre os adultos de 18 a 24 anos e 35 a 44 anos. Os dados apontaram, também, uma diminuição da ingestão de ingredientes considerados básicos e tradicionais na mesa do brasileiro. O consumo regular de feijão diminuiu de 67,6% em 2011 para 59,5% em 2017.

INCENTIVO A HÁBITOS SAUDÁVEIS 

O incentivo para uma alimentação saudável e a prática de atividades físicas é prioridade do Governo Federal. Para apoiar a adoção de hábitos alimentares saudáveis, o Ministério da Saúde publicou em 2014 o Guia Alimentar para a População Brasileira que traz as diretrizes nacionais e as recomendações sobre alimentação adequada e saudável. Dentre elas, a regra de ouro que facilita a aplicação das recomendações – “Prefira sempre alimentos in natura ou minimamente processados e preparações culinárias a alimentos ultraprocessados”.

Para proteger trabalhadores(as) do Ministério da Saúde e de outros órgãos, a pasta publicou uma Portaria proibindo venda, promoção, publicidade ou propaganda de alimentos industrializados ultraprocessados com excesso de açúcar, gordura e sódio e prontos para o consumo dentro das dependências do Ministério. O órgão também participou da assinatura da portaria de Diretrizes de Promoção da Alimentação Adequada e Saudável no Serviço Público Federal. Sugerida pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, a diretriz orienta formas da alimentação adequada e saudável nos ambientes de trabalho do serviço público federal. Além disso, constrói uma campanha pela adoção de hábitos saudáveis chamada Saúde Brasil.

O Ministério da Saúde também adotou internacionalmente metas para frear o crescimento do excesso de peso e obesidade no país. Durante o Encontro Regional para Enfrentamento da Obesidade Infantil, realizado em março de 2017 em Brasília, o país assumiu como compromisso deter o crescimento da obesidade na população adulta até 2019, por meio de políticas intersetoriais de saúde e segurança alimentar e nutricional; reduzir o consumo regular de refrigerante e suco artificial em pelo menos 30% na população adulta, até 2019; e ampliar em no mínimo de 17,8% o percentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente até 2019.  Outras iniciativas que buscam proteger indivíduos e coletividades apoiam-se na prevenção de danos e riscos ocasionados por ambientes desfavorecedores de uma prática alimentar saudável.

Destacamos ações realizadas no ambiente escolar, como o Programa Saúde na Escola que orienta a articulação no território entre os profissionais de saúde da Atenção Básica e os profissionais da escola para desenvolver ações de promoção da saúde e prevenção de doenças como obesidade, por exemplo e a implementação de normas e regulamentações para cantinas de escolas públicas e privadas com objetivo de limitar a venda de alimentos não saudáveis, considerando que o ambiente em que crianças e adolescentes fazem suas escolhas alimentares precisa favorecer as opções saudáveis e protegê-los dos fatores que contribuem para as doenças relacionadas à alimentação.

As cantinas escolares que muitas vezes oferecem alimentos de baixo valor nutricional contribuem para escolhas não saudáveis pelas crianças e, é papel do estado priorizar o ambiente escolar como um dos espaços para o desenvolvimento de estratégias de Promoção da Alimentação Adequada e Saudável.

Por Victor Maciel, da Agência Saúde

Categoria: Opinião, Saúde
Comentários (0) e Compartilhar

Vovô de 100 anos que malha, pesca e dirige é homenageado

Publicado em 16/10/2018 às 09h23

Um vovô de 100 anos é uma verdadeira inspiração de vitalidade. Apesar da idade, ele malha, pesca, dirige e passeia com amigos!

Antônio Genez Parise é de Avaré, no interior de São Paulo e ganhou uma homenagem: tem uma academia na cidade com o nome dele, como exemplo de determinação e inspiração para os moradores. O aposentado conta que o segredo para tanta vitalidade é aproveitar cada momento e não se importar com a idade. O importante é ter força de vontade. “A vida é igual está no meu livrinho, um manso lago azul. Horas alegres cantando e horas triste chorando. Tem que aproveitar”, disse ao G1.

Academia

Na academia que frequenta, em um clube da cidade, o idoso chama a atenção. Dante Villardi treina com ele e afirma que todos se inspiram no aposentado. “É uma inspiração com sua idade, vitalidade e, principalmente , pelo prazer dele em ir treinar”, diz.

Durante os treinos, Antônio conta com ajuda profissional da treinadora Rosana Tiburcio. Para Rosana, ele é um ótimo aluno. “O senhorzinho não aparenta toda essa idade não. É centenário. Ele dá muito trabalho, chega na academia e nós temos que atender e fazer todo o procedimento, mas dou muitos elogios. Ele é um ótimo aluno assíduo e diariamente se encontra na sala de musculação”, conta.

Seu Antônio trabalhou como alfaiate e foi juiz de cartório por 65 anos. Ele casou mais de 10 mil pessoas. Viúvo, ele tem dois filhos: um que mora nos Estados Unidos e o outro em São Paulo.

Habilitação

Seu Antonio conta que lê sem usar óculos e que foi fácil renovar a Carteira de Habilitação. Ele afirma que sempre gostou de dirigir, ter independência e resolveu, mesmo com a idade, renovar a Carteira.

Nascido em 8 de agosto de 1918, ele pode dirigir até 2019. “A mocinha falou brincando para mim que eu tinha 100 anos e não precisava tirar mais. E eu falei que queria sim. Eu fiz todos os testes. Leio até jornal sem óculos e está tudo funcionando. Passei”, afirma.

Pescador

Seu Antônio diz que costuma ir até a represa de Jurumirim (SP) para pescar com um amigo. É justamente o fisioterapeuta dele, que tem 27 anos, ou 73 anos a menos que o colega de pescaria. “Ele me ensinou não só a maneira de pensar, mas muita coisas, como a força de vontade, e saber que é possível chegar a certa idade podendo aproveitar”, diz Gustavo Henrique Rodrigues.

Com informações do G1

Fonte: Só Noticia Boa

Categoria: Opinião, Saúde
Comentários (0) e Compartilhar

Pesquisa confirma poder do abraço para melhorar quem vai mal

Publicado em 14/10/2018 às 19h48

Um estudo da Universidade do Estado do Arizona, nos Estados Unidos, comprova o que nós brasileiros já sabemos: o abraço tem superpoderes!

Ganhar um abraço sincero está diretamente associado a diminuição do mau humor em dias ruins, quando brigamos, ou temos uma discussão com alguém. Os pesquisadores entrevistaram 404 adultos, entre homens e mulheres, durante 14 noites e descobriram que houve uma relação entre receber um abraço e o aumento de sentimentos positivos e diminuição de sentimentos negativos.

Além disso, quem foi abraçado teve uma propensão a ter menos sentimentos negativos também no dia seguinte ao conflito. Em todos os casos, o abraço foi um antídoto aos sentimentos negativos, e melhorou o dia de quem foi abraçado. Ele libera uma substância chamada oxitocina, também conhecida como o hormônio do bem-estar, que aumenta a felicidade geral da pessoa.

A pesquisa

A pesquisa diz que “A teoria de que o toque interpessoal – abraço ou aperto de mãos – melhora o bem-estar, agindo como um amortecedor geral de estresse, tem recebido uma quantidade razoável de apoio empírico”. Quando expostas a estresse  laboratorial, pessoas abraçadas por parceiros românticos relatam menos sofrimento e mostram redução da reatividade cardiovascular secreção de cortisol e ativação de regiões cerebrais associadas a ameaça emocional e comportamental. Mas não isso também pode acontecer quando se é abraçado por amigos, parentes e estranhos.

No estudo que examinou a ativação de regiões cerebrais associadas à ameaça [medo, pânico], em pessoas  expostas a estresse laboratorial, as que foram abraçadas por um estranho em vez de seu parceiro também mostraram ativação neural menor.

Amortecedor de estresse

A pesquisa diz que há razões para acreditar que o abraço “pode ser um amortecedor particularmente eficaz do conflito interpessoal”

Ele contribui para a saúde e o bem-estar, porque conflitos com outros estão associados a uma ampla gama problemas como sofrimento psicológico, desregulação de sistemas fisiológicos e aumento do risco de doenças psiquiátricas como suicídio e causas de doenças físicas também. Os cientistas chegaram à conclusão que o abraço pode proteger as pessoas que passam por isso e promover processos interpessoais positivos, que transmitem cuidado e a inclusão.

“Em particular, o toque interpessoal está associado ao aumento da segurança do apego, maior apoio percebido pelo parceiro, maior intimidade, maior satisfação no relacionamento e mais fácil resolução de conflitos”.

A pesquisa

A pesquisa foi feita com 404 pessoas em situações diferentes. Entre elas havia quem fosse casado, ou quem tivesse conflitos com os pais ou os filhos. Os pesquisadores perguntaram sobre os conflitos, se tinham recebido abraços e o que haviam sentido: coisas positivas ou negativas. E descobriram que o abraço é um bom remédio para quem não vai bem. Em outras palavras, se a ideia for deixar o clima bom, vale oferecer ou aceitar um abraço sincero.

Com informações da Universidade do Arizona e MdeMulher

Fonte: Só Notícia Boa

Categoria: Ciência
Comentários (0) e Compartilhar

Cão herói salva família de incêndio durante a madrugada

Publicado em 14/10/2018 às 19h38

Um cachorrinho, que salvou uma família inteira de um incêndio, está sendo chamado de herói na Turquia. Todos estavam dormindo quando um problema elétrico fez a casa pegar fogo no final da madrugada desta sexta, 12.

O cão chamado Cesur – que significa “Bravo” – começou a latir e acordou a mãe, Turkan Gumus e seus três filhos Emirhan, de 5 anos, Filiz, de 4 e Poyraz, de 2 anos. Depois de certificar-se de que toda a família estava fora de perigo, o cão correu até um café local para procurar ajuda.

Cesur começou arrastar o clientes pelas calças para a casa em chamas. Os bombeiros chegaram rapidamente apagaram o fogo, mas infelizmente dois cômodos ficaram destruídos. O incidente aconteceu no distrito de Kepez, na província de Antalya, no sudoeste da Turquia.

Gratidão

Turkan, a mãe, disse à mídia local que enquanto ela estava dormindo, Cesur veio ao lado dela e começou a latir e a raspar as patinhas nela.

Ela expressou enorme gratidão ao cão amado. Disse que sua família provavelmente teria morrido sem a inteligente intervenção de Cesur.

O caso foi parar nas redes sociais. Um internauta Yusuf Yavuz comentou: “Os animais provam todos os dias que são mais espertos que os humanos”.

Murat Sahin escreveu: “Os cães são os melhores amigos do ser humano, para aqueles que sabem como amá-los”.

Com informações do News24

Fonte: Só Notícia Boa

Categoria: Animais, Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

Funcionário do Mc paga conta de clientes que esqueceram carteira

Publicado em 14/10/2018 às 11h24

Veja a que ponto pode chegar a generosidade e a gentileza de uma pessoa! Um jovem funcionário do Mc Donald’s pagou com dinheiro do próprio bolso a conta de clientes que esqueceram a carteira em casa. Kris Knickle estava atendendo no drive-thru quando Sydney Wells e Marg Murphy-Wells pararam em uma lanchonete da rede em Clarenville, no Canadá, esta semana.

Depois de fazer o pedido na janela drive-thru, elas perceberam que haviam esquecido suas carteiras em casa. Sydney Wells disse que iria para casa, pegar o dinheiro e voltaria depois.

Kris Knickle não deixou a cliente sair sem sua refeição. Ele pagou do próprio bolso e entregou os sanduíches para as duas.

Agradecida e surpresa, Sydney Wells contou a história em sua página no Facebook: 

“Ele tirou a carteira dele e pagou por nosso pedido!”

“Nosso pedido foi de US $ 23, que deve ser perto de 2 horas de salário para ele. Tenho certeza de que ele não quer reconhecimento, mas às vezes gestos como esse devem ser reconhecidos! Obrigado Kris Knickle pelo gesto gentil!”, escreveu. O funcionário do Mc Donald’s disse ao St. John’s Morning Show que ele não está preocupado com o dinheiro e que ele estava apenas feliz em poder ajudar.

“Estou aqui sorrindo porque sei que fiz algo de bom”, concluiu.

Com informações da CBC

Fonte: Só Notícia Boa

Categoria: Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

Boca seca- Principais causas e como combater

Publicado em 14/10/2018 às 11h08

A boca seca é caracterizada pela diminuição ou interrupção da secreção de saliva que pode ocorrer em qualquer idade, sendo mais comum nas mulheres idosas. A boca seca também chamada de xerostomia, assialorreia, hipossalivação, pode ter diversas causas e o seu tratamento consiste em aumentar a salivação com medidas simples ou com o uso de medicamentos sob orientação médica.

A boca seca ao acordar pode ser um leve sinal de desidratação e por isso é recomendado que a pessoa aumente a ingestão de água, mas se o sintoma persistir um médico deverá ser consultado.

Causas comuns de boca seca

A saliva desempenha um importante papel na proteção da cavidade oral contra infecções por fungos, vírus ou bactérias, que causam cárie e mau hálito. Além de umidificar os tecidos da boca, também ajuda na formação e deglutição do bolo alimentar, facilita à fonética e é essencial na retenção de próteses. Por isso, ao observar a presença de boca seca constante é importante ir numa consulta médica para iniciar o tratamento adequado.

As causas mais comuns de boca seca são:

1. Deficiências nutricionais

A falta de vitamina A e do complexo B podem ressecar a mucosa da boca e levar ao surgimento de feridas na boca e na língua. Tanto a vitamina A quanto as do completo B podem ser encontrados em alimentos, como por exemplo peixes, carnes e ovos. 

2. Doenças autoimunes

As doenças auto-imunes são causadas pela produção de anticorpos contra o próprio organismo, levando a inflamação de algumas glândulas do corpo, como por exemplo a glândula salivar, levando ao ressecamento da boca devido à diminuição da produção de saliva. Algumas doenças autoimunes que podem levar à boca seca são o Lúpus Eritematoso Sistêmico e a Síndrome de Sjögren, em que além da boca seca, pode haver sensação de areia nos olhos e maior risco de infecções, como cáries e conjuntivite, por exemplo. 

3. Uso de medicamentos

Alguns medicamentos também podem levar à boca seca, como por exemplo antidepressivos, antidiuréticos, antipsicóticos, anti-hipertensivos, anti-neoplásicos e remédios para o câncer. Além dos medicamentos, a radioterapia, que é um tipo de tratamento que tem como objetivo eliminar as células cancerígenas por meio da radiação, quando realizada na cabeça ou no pescoço, pode causar boca seca e aparecimento de feridas na gengiva dependendo da dose de radiação. 

4. Problemas na tireoide

A tireoidite de Hashimoto é uma doença caracterizada pela produção de auto-anticorpos que atacam a tireoide e levam à sua inflamação, o que causa hipertireoidismo, que normalmente é seguido por hipotireoidismo. Os sinais e sintomas de problemas na tireoide podem surgir lentamente e incluir o ressecamento da boca, por exemplo. 

5. Alterações hormonais

As alterações hormonais, principalmente na menopausa e durante a gravidez, pode causar uma série de desequilíbrios no organismo da mulher, inclusive diminuir a produção de saliva, causando o ressecamento da boca. A boca seca na gravidez pode ocorrer devido a ingestão de água insuficiente, já que a necessidade de água no corpo da mulher aumenta nesse período, pois o corpo precisa formar a placenta e o líquido amniótico. Por isso se a mulher já bebia cerca de 2 litros de água por dia é normal que ela tenha que aumentar esta quantidade para cerca de 3 litros por dia.

6. Problemas respiratórios

Alguns problemas respiratórios, como desvio de septo ou obstrução das vias aéreas, por exemplo, pode fazer com que a pessoa passe a respirar pela boca ao invés do nariz, o que pode levar, ao longo dos anos, mudanças na anatomia do rosto e maior chance de ter infecções, já que o nariz não está filtrando o ar inspirado. Além disso, a entrada e saída constante de ar pela boa pode levar ao ressecamento da boca e o mal hálito. 

7. Hábitos de vida

Hábitos de vida, como fumar, comer muitos alimentos ricos em açúcar ou até mesmo não beber muita água podem causar boca seca e mal hálito, além de doenças graves, como o enfisema pulmonar, no caso do cigarro, e da diabetes, no caso do consumo excessivo de alimentos com muito açúcar. A boca seca na diabetes é muito comum e pode ser causada pela poliúria, que é caracterizada pelo ato de urinar muito. O que se pode fazer para evitar a boca seca neste caso é aumentar a ingestão de água, mas o médico poderá avaliar a necessidade da troca dos medicamentos para diabetes, dependendo da gravidade deste efeito colateral.

O que fazer 

Uma das melhores estratégias para combater a boca seca é beber bastante água ao longo do dia. Veja no vídeo a seguir como pode beber mais água:

Além  disso, o tratamento para boca seca pode ser feito de forma a aumentar a secreção da saliva, como por exemplo:

  • Chupar balas com superfície lisa ou chicletes sem açúcar;
  • Comer mais alimentos ácidos e cítricos porque eles estimulam a mastigação;
  • Aplicação de flúor no consultório dentista;
  • Escovar os dentes, usar fio dental e usar sempre um enxaguante bucal, pelo menos 2 vezes por dia;
  • O chá de gengibre também é uma boa opção. 

Além disso pode-se recorrer a saliva artificial para aumentar a ajudar a combater os sintomas da boca seca e facilitar a mastigação dos alimentos. O médico poderá indicar ainda medicamentos como sorbitol ou pilocarpina. Outros cuidados importantes para evitar ficar com os lábios ressecados são evitar ficar passando a língua nos lábios, porque ao contrário do que parece isso resseca os lábios e para hidrata-los, experimentar usar protetor labial, manteiga de cacau ou batom com propriedades hidratantes. 

Sinais e sintomas relacionados à boca seca

O sintoma de boca seca o tempo todo pode ser acompanhado ainda por lábios secos e rachados, dificuldades relacionadas à fonética, mastigação, degustação e deglutição. Além disso, pessoas que ficam com a boca seca de forma frequente tem maior propensão às cáries nos dentes, geralmente sofrem com mau hálito e podem ter dor de cabeça, além do aumento do risco das infecções bucais, causadas principalmente por Candida Albicans, pois a saliva também protege a boca contra micro-organismos. O profissional responsável pelo tratamento da boca seca é o clínico geral, que poderá indicar um endocrinologista ou gastroenterologista dependendo das suas causas.

Fonte: Tua Saúde

Categoria: Ciência, Saúde
Comentários (0) e Compartilhar

Cãozinho perdido chora ao reencontrar dono após 3 anos: assista!

Publicado em 13/10/2018 às 16h27

Emocionante o amor de um cãozinho pelo seu dono. O bichinho perdido chorou ao reencontrar o dono, após 3 anos.

O homem recebeu um telefonema do dono de uma loja avisando que um cão muito parecido com o dele estava dormindo em frente ao comércio.

O tutor foi até lá e quando chamou o cãozinho pelo nome, o bichinho – que estava dormindo embaixo de uma árvore – começou a chorar muito, latir, comemorar… Ele pula diversas vezes na perna do dono e faz festa ao rever o velho amigo.  (assista e e emocione abaixo)

 

Emocionado também, o dono faz carinho no amigo e o beija na boca!

O caso aconteceu em Tbilisi, na Geórgia. O vídeo foi compartilhado na semana passada no Youtube e já foi visto mais de 2 milhões de vezes.

“Zhora é você? Georgie?” ele diz no vídeo.

A reação do cachorro diz tudo.

“Georgie é você! Aww, querido garoto, como você está garoto?” o homem diz.

Ele conta para o dono da loja, que o acompanhava: “Ele está perdido há três anos. Estou procurando por ele. Ele me reconheceu, você pode imaginar? Você pode tirar uma foto nossa?”

Assista ao incrível reencontro abaixo!

Categoria: Animais, Opinião
Comentários (1) e Compartilhar

Brasileira descobre semente que inibe câncer de mama agressivo

Publicado em 13/10/2018 às 16h23

Esperança! A substância da semente de uma planta inibiu a progressão de um câncer de mama agressivo e pode se transformar para o tratamento da doença no futuro.

Pesquisadores brasileiros, da Universidade Federal de São Paulo – Unifesp – descobriram em estudo apoiado pela Fapesp, que essa molécula é capaz de inibir a metástase do câncer de mama triplo-negativo e de outros tipos de tumor, como o gástrico e o melanoma.

O tumor de mama triplo-negativo, ainda sem tratamento, foi freado pela proteína da semente da árvore tamboril –  Enterolobium contortisiliquum (ou orelha-de-macaco) em estudos iniciais.

 

Os resultados foram apresentados por Maria Luiza Vilela Oliva, professora da Unifesp e coordenadora da pesquisa, em palestra na Fapesp Week Belgium.

O encontro, realizado em Bruxelas de 8 a 10 de outubro, reuniu cientistas brasileiros e belgas com o objetivo de estreitar parcerias.

“Constatamos que a proteína inibe a invasão, a proliferação e a metástase de tumor de mama triplo-negativo em testes in vitro [em células no laboratório] e, no caso do melanoma, tanto em modelo in vitro como in vivo [em animais]”, disse Maria Luiza, à Agência Fapesp.

A pesquisa

Essa substância, denominada Enterolobium contortisiloquum inibidor de tripsina (EcTI, na sigla em inglês), foi isolada por Maria Luiza durante seu doutorado, no final da década de 1980.

A pesquisadora começou a tentar isolar de sementes de leguminosas da flora brasileira outras moléculas inibidoras de proteases – enzimas capazes de quebrar as ligações peptídicas de outras proteínas.

Essas enzimas estão envolvidas em diversos processos biológicos, como inflamação, hemostasia (prevenção e interrupção de sangramentos e hemorragias), trombose e desenvolvimento tumoral, além de outros processos que envolvem microrganismos patológicos, explicou Oliva.

“Temos estudado os efeitos fisiopatológicos dessas proteínas isoladas de leguminosas em alguns tipos de câncer na tentativa de descobrir novos agentes que possam, se não curar, ao menos ajudar a entender a patologia dessas doenças”, afirmou.

Anti-inflamatórias

Além de isolar, os pesquisadores têm conseguido determinar a estrutura dessas proteínas, modelá-las e obter peptídeos sintéticos a partir delas.

As análises dessas moléculas em diferentes modelos fisiopatológicos, como de inflamação, trombose e tumor, tanto in vivo como in vitro, indicaram que, além de antitumoral, elas apresentam propriedades anti-inflamatória, antimicrobiana e antitrombótica.

“O tumor, a inflamação e a trombose são patologias que estão de certa forma interligadas, porque às vezes o paciente com câncer pode morrer não por causa da doença, em si, mas em decorrência de um quimioterápico que pode levar ao desenvolvimento de uma trombose”, avaliou.

Além de ter ação antitumoral, a proteína EcTI, que foi patenteada, também demonstrou ser capaz de inibir a trombose arterial e a venosa, afirmou a pesquisadora.

Agora será preciso avançar nas pesquisas, antes de a proteína da semente do tamboril virar um possível remédio contra o câncer de mama.

Com informações da Agência Fapesp

Fonte: Só Notícia Boa

Categoria: Ciência, Saúde
Comentários (0) e Compartilhar

Ele distribui abraços de graça para evitar suicídios

Publicado em 11/10/2018 às 07h58

Um poeta teve uma ideia incrível, de compaixão, para evitar que pessoas tentem o suicídio. Ele distribuiu abraços de graça para estranhos que precisavam de apoio, na rua. Hussain Manawer fez um vídeo no qual aparece de olhos vendados distribuindo os abraços em dois locais de Santa Mônica, nos Estados Unidos. Ele carrega uma placa pedindo às pessoas para abraçá-lo, se elas estivessem precisando: “If you have been through, are going through depression or anxiety, hug me” – em tradução livre, “Se você passou, está passando por depressão ou ansiedade, me abrace.”.

No vídeo, ele recebe 26 abraços em poucos minutos.

“Tantas pessoas, tão jovens e muitos homens também – foi muito emocionante”, contou. “Eu passo muito tempo na América e as pessoas passam por um monte de coisas”, disse.

Intenção

Ele espera que o filme desencadeie conversas “disruptivas, porém sensíveis”. Manawer diz que seu interesse em aumentar a conscientização sobre a doença mental decorre principalmente de viver em frente a um hospital psiquiátrico, mas também de suas próprias lutas. “É muito triste a forma como vejo as pessoas tratadas, pessoas que foram diagnosticadas clinicamente com problemas de saúde mental.

Eles não recebem muitas visitas, as pessoas nas ruas os maltratam e são vulneráveis ”, diz ele. “Isso me perturba. Eles são humanos e precisamos cuidar uns dos outros.

“Também tenho problemas pessoais, já passei por muitas coisas e estou sempre passando por muitas coisas – como tenho certeza de que todo mundo é – e eu acho que nós humanos realmente precisamos encontrar maneiras de cuidar de nós mesmos antes podemos começar a pensar em coisas como o oceano e o planeta. “Não consigo entender como esperamos que as pessoas se importem com outras coisas quando as pessoas não se importam com elas mesmas e se importam umas com as outras”.

Saúde mental

A música de fundo é uma combinação de vocais de Beautiful Thing, um poema que o cantor de 27 anos escreveu a si mesmo e a música de Colin Salmon.

Manawer, que recebeu uma bolsa honorária do Kings College London por seu trabalho em saúde mental e ciências públicas no início deste ano, diz que ficou surpreso com o grande volume de pessoas que vieram abraçá-lo – um estranho nas ruas.

Todos os anos, 45.000 americanos morrem por suicídio. É a décima principal causa de morte nos EUA.

No Reino Unido, foram 5.821 mortes por suicídio em 2017, o que equivale a uma média de 16 por dia.

“Eu gostaria que as pessoas não se sentissem como um fardo se estiverem com problemas de saúde mental”, diz ele.

“Eu quero que eles entendam que muitas pessoas estão passando por isso e que há apoio lá fora, nós apenas temos que ser capazes de encontrá-lo.”

 

Fonte: Só Boa Noticia

 

Categoria: Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

Com dívidas, desempregado devolve carteira com 3,4 mil reais

Publicado em 10/10/2018 às 09h16

Mais um daqueles exemplos de honestidade foi dado em Brasília, por um desempregado que está há 3 anos sem trabalho e que, por ironia do destino, encontrou uma carteira com 3,4 mil reais.

Walter Hudson dos Santos, de 47 anos, é motorista por profissão e na última segunda-feira(8) foi a uma agência bancária para pedir empréstimo de 250 reais e pagar as contas que foi negado.

Na saída da agência do Banco de Brasília, BRB, como por obra divina, Walter encontrou uma carteira com o dinheiro. “Quando olhei para o lado, tinha uma carteira cheia de nota de R$ 100 para fora. Eu peguei, como não encontrei o dono, preferi sair para procurar”.

O desempregado procurou a Polícia Militar e pediu ajuda para encontrar o dono do dinheiro.

Para surpresa de todos, a carteira pertencia a um PM aposentado, o sargento José Pedro da Silva, de 50 anos.

Silva tinha ido até a agência no Recanto das Emas para pagar as contas da família. “Tinha arrecadado esse valor com meus irmãos, que são mais humildes que eu”, contou. “Fiquei triste pelo valor e ficava pensando na situação financeira que eu estava passando. Esse ato renovou minha esperança. Gostaria que os novos políticos se inspirassem no povo, nesse exemplo a seguir”, disse o aposentado. Na carteira, havia também dois cheques, cartões de crédito e a carteira militar do aposentado.

O motorista desempregado Walter Hudson dos Santos disse ainda que “em nenhum momento pensou em ficar com o dinheiro”.

Ele lembra que ficou chateado com a negativa do empréstimo de R$ 250 no banco, mas ainda sim, ao encontrar o dinheiro, preferiu ir até um posto policial buscar ajuda para localizar o dono. “Um grande homem me ensinou lá no Piauí que todo nome me cabe, menos o nome de ladrão. Essa frase carrego no meu coração para sempre”.

No posto da Polícia Militar, o rapaz que está sem emprego e diz “passar por dificuldades” contou sobre a carteira encontrada e foi elogiado pelos PMs. Com a identificação do sargento em mãos, eles localizaram o aposentado e marcaram um encontro. No local combinado, Hudson e José Pedro se viram pela primeira vez. Trocaram abraços e a promessa de uma grande amizade.

Agora é torcer pra que Walter consiga emprego.

Com informações da Gazeta Web

Fonte: Só Notícia Boa

Categoria: Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left show fwR tsN|bnull|||login news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|c05|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||