Com dívidas, desempregado devolve carteira com 3,4 mil reais

Publicado em 10/10/2018 às 09h16

Mais um daqueles exemplos de honestidade foi dado em Brasília, por um desempregado que está há 3 anos sem trabalho e que, por ironia do destino, encontrou uma carteira com 3,4 mil reais.

Walter Hudson dos Santos, de 47 anos, é motorista por profissão e na última segunda-feira(8) foi a uma agência bancária para pedir empréstimo de 250 reais e pagar as contas que foi negado.

Na saída da agência do Banco de Brasília, BRB, como por obra divina, Walter encontrou uma carteira com o dinheiro. “Quando olhei para o lado, tinha uma carteira cheia de nota de R$ 100 para fora. Eu peguei, como não encontrei o dono, preferi sair para procurar”.

O desempregado procurou a Polícia Militar e pediu ajuda para encontrar o dono do dinheiro.

Para surpresa de todos, a carteira pertencia a um PM aposentado, o sargento José Pedro da Silva, de 50 anos.

Silva tinha ido até a agência no Recanto das Emas para pagar as contas da família. “Tinha arrecadado esse valor com meus irmãos, que são mais humildes que eu”, contou. “Fiquei triste pelo valor e ficava pensando na situação financeira que eu estava passando. Esse ato renovou minha esperança. Gostaria que os novos políticos se inspirassem no povo, nesse exemplo a seguir”, disse o aposentado. Na carteira, havia também dois cheques, cartões de crédito e a carteira militar do aposentado.

O motorista desempregado Walter Hudson dos Santos disse ainda que “em nenhum momento pensou em ficar com o dinheiro”.

Ele lembra que ficou chateado com a negativa do empréstimo de R$ 250 no banco, mas ainda sim, ao encontrar o dinheiro, preferiu ir até um posto policial buscar ajuda para localizar o dono. “Um grande homem me ensinou lá no Piauí que todo nome me cabe, menos o nome de ladrão. Essa frase carrego no meu coração para sempre”.

No posto da Polícia Militar, o rapaz que está sem emprego e diz “passar por dificuldades” contou sobre a carteira encontrada e foi elogiado pelos PMs. Com a identificação do sargento em mãos, eles localizaram o aposentado e marcaram um encontro. No local combinado, Hudson e José Pedro se viram pela primeira vez. Trocaram abraços e a promessa de uma grande amizade.

Agora é torcer pra que Walter consiga emprego.

Com informações da Gazeta Web

Fonte: Só Notícia Boa

Categoria: Opinião
Tags: desempregado, Honestidade

Enviar comentário

voltar para Biologando

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left show fwR tsN|bnull|||login news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|c05|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||