Opinião

Menina se emociona ao reencontrar gatinho perdido há 3 anos. Assista!

Publicado em 09/04/2019 às 08h55

Quando é amor verdadeiro, a gente nunca esquece e é por isso que uma meninha ficou tão emocionada ao reencontrar o seu gato perdido há 3 anos. Cursor, um gato grande e gordo, já era da família quando Claudia Arnold nasceu, em Nanaimo, British Columbia, no Canadá.

Desde então, a menina e o gato se tornaram inseparáveis, mas quando Claudia completou 2 anos, o gatinho desapareceu, sem deixar vestígios. “Até ele desaparecer, eles eram quase inseparáveis”, disse a mãe de Claudia, Kara Arnold.

A procura

Kara vasculhou o bairro procurando por ele, colocando cartazes e pedindo ajuda on-line, na esperança de que alguém visse o grande felino branco. “Sempre que ela ficava triste com qualquer outra coisa, ela também chorava por ele”, disse Kara.

Três anos se passaram sem nenhum sinal em Cursor, o gato, e embora Kara tivesse perdido as esperanças, a pequena Claudia não. Ela ainda falava sobre o gato todos os dias e desejava em voz alta que ele voltasse para a casa de sua família.

O Reencontro

Até que Kara recebeu um telefonema do abrigo local de animais. Graças aos posts na rede social, alguém localizou Cursor e o levou para um abrigo. Eles levaram a menininha para o abrigo e começaram a gravar um vídeo do momento especial. Quando se sentaram no saguão, Kara perguntou a sua filha como era seu gato de cor favorito.

“ Era preto e branco … ”

Daí alguém traz Cursor e pergunta: “Ele ficou assim?”

“Cursor!” Claudia diz animadamente!

O mais impressionante é que uma das primeiras coisas que ela fez foi agradecer aos trabalhadores do abrigo por terem encontrado seu gatinho e devolvê-lo a ela.

Veja o momento da surpresa:

Com informações do Inspire More

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

Fonte: Só Notícia Boa

 

Categoria: Animais, Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

1º Pedal Solidário de Muriaé será neste domingo no UNIFAMINAS

Publicado em 05/04/2019 às 15h33

A Comissão Organizadora do 1º Pedal Solidário de Muriaé e o UNIFAMINAS firmaram parceria para a realização do evento que será realizado neste domingo com saída do complexo esportivo do UNIFAMINAS . Os ciclistas serão recepcionados com um café da manhã às 7h no refeitório do complexo esportivo doUNIFAMINAS e possui previsão de largada às 8h, contando com dois tipos de percurso entre intermediário e elite, com previsão de retorno as dependências do UNIFAMINAS às 12h. 

Local: UNIFAMINAS (Complexo Esportivo)

Data: 07 de abril de 2019 (Domingo)

Horário: 7h - café da manhã | 8h - largada | 12h - Previsão de chegada 

Previsão de término: 16h

Categoria: Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

Projeto inovador em tecnologia para deficientes visuais está sendo implantado em Muriaé

Publicado em 04/04/2019 às 18h40

Modelo criado pela Prefeitura pretende levar desenvolvimento educacional e tecnológico a pessoas cegas

A implantação do teclado em braile faz parte de um projeto inovador que está sendo desenvolvido pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Relações Institucionais, em parceria com a Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais (Uaitec Lab). O novo modelo, que está em fase experimental, pretende estabelecer diretrizes pedagógicas, terapêuticas e profissionais, levando aos deficientes visuais da cidade desenvolvimento educacional e tecnológico.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Relações Institucionais, observando a carência de ensino tecnológico para os deficientes visuais em Muriaé, adquiriu dois teclados para o projeto. Os equipamentos já estão sendo utilizados em um curso piloto que pretende estender suas vagas para proporcionar acesso às pessoas cegas de forma gratuita.

“O uso do computador é uma ferramenta para ampliação dos horizontes de todas as pessoas. A informática, por exemplo, traz uma série de recursos que são capazes de promover a interação dos deficientes visuais com o mundo”, ressaltou a secretária da pasta, Solange Montezano.

O projeto inovador está em experimentação nas dependências da Uaitec Lab, localizada próximo ao Centro Educacional Dom Delfim, na Barra. “Nós ficamos imensamente felizes pela conquista, tendo em vista que se abriram os caminhos para as pessoas que possuem limitação visual. Nós gostaríamos de aprender a informática com acessibilidade, e agora poderemos fazer isto”, disse o novo aluno, Pablo Norberto, colaborador do projeto.

Categoria: Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

Ex-morador de rua que virou empresário só contrata desabrigados

Publicado em 19/03/2019 às 09h30

Drew Goodall, de 45 anos, é um empresário britânico de sucesso, ex-moradora de rua, que construiu uma pequena fortuna criando uma empresa especializada em engraxar sapatos. Mas nem sempre Drew viveu fases de bonança. Quando jovem, era um aspirante à ator que chegou a conhecer grandes figuras do cinema, como Hugh Grant e Brad Pitt. Seu sonho de infância era se tornar um ator mundialmente reconhecido. Quando se formou em Teatro, aos 20 anos, conseguiu os seus primeiros papéis em filmes como “Snatch” e “About a Boy”.

A carreira de ator ia progredindo a passos largos, até ele sofrer uma pesada crítica de um editor da mídia especializada, que o abalou profundamente. Drew perdeu o amor e o prazer em atuar, deixou de ganhar papéis no teatro e no cinema e, consequentemente, ficou sem dinheiro. Envergonhado de sua situação, não quis procurar os pais, nem familiares. Não queriam que soubessem que era um “fracassado”. Despejado do apartamento, Drew foi viver nas ruas. Foram seis longos meses em situação de rua, em pleno anos 1990, ele conta. “Eu costumava dormir em caixas de papelão do lado de fora da Academy of Performing Arts”.

Nessa época, passou a implorar por comida nas ruas, sofria agressões físicas a todo momento, perdeu peso, entrou em depressão.

Uma chance para recomeçar

De modo a ganhar algum dinheiro para se alimentar minimamente, Drew teve a ideia de começar a engraxar sapatos dos figurões que passavam pelas ruas de Londres. Apesar do trabalho honesto, vivia fugindo da polícia para não ser pego, uma vez que engraxar sapatos sem licença em espaços públicos é passível de multa no Reino Unido.

Foram outros seis meses trabalhando como engraxate autônomo, quando um de seus clientes ofereceu-lhe uma oportunidade de trabalho: polir os sapatos dos executivos de um escritório.

Nova ideia

Drew passou a ganhar um salário fixo, coberto pela legislação trabalhista. Subiu de nível. Voltou a ter um teto para dormir, a se alimentar bem e a progredir socialmente. Teve então outra ideia: abrir uma empresa – não uma qualquer, uma empresa especializada em engraxar sapatos, e a batizou de Sunshine Shoeshine. O empreendimento deu super certo: Drew fez parceria com dezenas de empresas de serviços de Londres, locais repletos de executivos que não abrem mão de terem um sapato bem polido.

O empresário ganha mais de US$ 300 mil por ano (cerca de R$ 1 milhão) e reverte boa parte dos seus lucros em doações para instituições filantrópicas.

Ele diz que nada daria certo se não tivesse a experiência e a humildade do tempo que passou nas ruas – uma época difícil, sofrida – uma longa caminhada até chegar onde chegou. Em sua empresa, Drew contratou 40 funcionários – todos eles viviam em situação de rua; desabrigados, desalentados. “Tudo é uma questão de oportunidades. Sem oportunidades, não há progresso de vida”, conclui.

Fonte: Razões para Acreditar

Categoria: Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

Mãe amorosa cola frases de incentivo nos lápis de cor da filha em Jundiaí (SP)

Publicado em 12/03/2019 às 17h24

Inspirada por uma publicação na internet, Alessandra Teixeira decidiu etiquetar o material escolar da filha de um jeito diferente: ao invés de colocar apenas o nome de Thainá, ela encheu de frases amorosas e de incentivo os lápis e cadernos da filha.

“A minha intenção ao escrever as frases foi para que a Naná sempre se lembre de mim, mesmo quando eu estiver ausente. Que ela possa sempre se recordar dos valores que eu procuro passar para ela”, disse a amorosa de ‘Naná’.

Mãe e filha moram em Jundiaí, no interior do estado de São Paulo.

Entre as mensagens positivas, “cultive boas ideias”, “tenha calma”, “ajude os colegas”, “você é linda!”, “valorize sua professora” e “cuide bem da escola”, dentre muitas outras.

Thainá conta que se sentiu “muito amada por Deus e pela mamãe” ao receber os lápis decorados. Ela afirma com bastante sinceridade, típica das crianças, que as frases ainda não surtiram efeito em seus estudos. “Ainda não começaram a ajudar, porque a minha mãe fez há pouco tempo e eu não usei ainda”, revelou.

Incentivar e empoderar uma criança em seu ambiente de aprendizado é essencial para que ela possa se autoafirmar e sentir-se bem consigo mesma e com as pessoas ao seu redor, que compõem seu círculo social.

Mais: é com amor, carinho, educação e incentivo que podemos mudar o mundo para melhor, espalhando amor e gentilezas a todos. Parabéns à mãe de Thainá!

Fonte: Razão para Acreditar

Categoria: Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

Policial liberta cachorro preso em toldo e ganha ‘abraço’ como forma de agradecimento

Publicado em 08/03/2019 às 16h06

Por vezes os cachorros são capazes de fazer coisas que nem os próprios donos compreendem.

Um cãozinho que mora em San Felipe, na província de Valparaíso, Chile, acabou se enroscando numa espécie de toldo de tecidos, onde ficou praticamente pendurado por várias horas.

Seus donos não estavam em casa, e sem ajuda, começou a chorar para chamar a atenção dos vizinhos, que acionaram a polícia.

O segundo-tenente da polícia civil da comuna, Giovanni Domke, foi o responsável pelo atendimento do chamado. Ao chegar à residência, onde ouviu o cachorro chorando muito, ele pulou o muro e cortou o toldo que prendia o bichinho. Aliviado (e agradecido), o cachorro deu uma espécie de “abraço” no policial.

O momento foi gravado em vídeo e publicado no perfil oficial da polícia chilena no Twitter, onde rapidamente viralizou entre os internautas.

Com a legenda “Estamos onde mais precisam de nós. Policial resgata um cão que se prendeu em um toldo sozinho em uma casa”, o post já acumula quase meio milhão de visualizações e 11 mil curtidas na rede social.

Sobre o acontecimento, Giovanni comentou: “Eu não sabia como ia reagir. Mas ele me abraçou com muito carinho. Decidi corresponder ao abraço porque amo animais, especialmente filhotes,” relembrou o policial.

O cãozinho não se machucou no incidente e após o resgate, passa bem.

Fonte: Razões para Acreditar

Categoria: Animais, Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

Prefeitura inicia campanha de arrecadação de roupas para Casa Acolhedora

Publicado em 08/03/2019 às 08h38

Instituição oferece alimentação e estadia para pessoas em situação de rua e passagem para migrantes

A Prefeitura de Muriaé, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, está promovendo uma campanha em benefício às pessoas atendidas pela Casa Acolhedora Padre Carlos Seelen. Estão sendo solicitadas doações de roupas (principalmente masculinas, devido ao público maior ser formado por homens), chinelos, bolsas, produtos de higiene pessoal, entre outros.

 “Essa campanha é importante para atender melhor o público que utiliza os serviços da Casa Acolhedora. Pedimos que os muriaeenses ‘abracem’ mais essa causa junto conosco”, afirma o secretário Municipal de Desenvolvimento Social, Alex Pedrosa. Em 2018, a Casa atendeu cerca de 1.200 pessoas, sendo 1.018 homens e 179 mulheres.

As doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. A Casa Acolhedora está localizada na Rua Júlio Brandão, 168, Barra. O telefone para contato é o 3721-4602. As roupas a serem doadas devem estar em bom estado de conservação.

Além da Casa Acolhedora, as doações podem ser feitas também na Karlo’s Papelaria, Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Paróquia Nossa Senhora do Sagrado Coração e Igreja Metodista Valentim.

 

A Casa Acolhedora - Fundada em julho de 2009, a Casa Acolhedora fornece alimentação e estadia para pessoas em situação de rua, passagem de ônibus intermunicipal para migrantes, além de atendimento social que o acolhido necessitar.

Funcionando 24 horas por dia, a Casa é mantida através de parceria entre a Prefeitura, que faz a gestão do local, e Paróquia São Paulo, a qual é responsável pelo aluguel. A equipe é composta por coordenadora, psicóloga, assistente social, auxiliar administrativo e geral, cuidador social e segurança.

 

Serviço

Campanha de doação para Casa Acolhedora:

Dias: segunda a sexta-feira

Horários: das 7h às 17h

Local: Casa Acolhedora (Rua Júlio Brandão, 168, Barra)

Telefone: 3721-4602

 

Outros pontos de coleta:

 - Karlo’s Papelaria: Praça Coronel Tibúrcio, 108, Barra – Telefone: 3722-1159

 - Paróquia Nossa Senhora da Conceição: Rua Lincon Marinho, s/n, Barra – Telefone: 3721-9363

 - Paróquia Nossa Senhora do Sagrado Coração: Avenida Altino Rodrigues Pereira, 1, Dornelas – Telefone: 3722-2881

 - Igreja Metodista Valentim: Rua Valentim Henriques de Almeida, 3, Dornelas – Telefone: 3722-3606

Categoria: Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

Por que se comemora o Dia da Mulher em 8 de março?

Publicado em 08/03/2019 às 08h24
 
Não tem nada a ver com ganhar flores ou ser homenageada com mensagens bonitinha. Conheça a história forte por trás do Dia da Mulher e do 8 de março.
 

No Dia da Mulher, é comum que flores e chocolates sejam distribuídos como forma de comemorar a data e de deixar o dia de alguma mulher mais especial. Mas, mesmo se tratando de um gesto super fofo, a verdade é que o Dia Internacional da Mulher tem um significado muito mais forte e está longo de ser uma data comercial.

Historicamente falando, o Dia da Mulher é marcado por lutas femininas a favor dos direitos do gênero ao redor do mundo. Uma das principais reivindicações que marcam essa data são com relação à jornada de trabalho exaustiva das mulheres nas fábricas têxteis europeias e americanas no início do século 20, ao direito ao voto e assim por diante.

Dia das Mulheres em outras datas

Aliás, nem sempre o Dia da Mulher foi comemorado no dia 8 de março, sabia? Alguns outros dias já foram escolhidos no calendário para comemorar a data, como o dia 25 de março.

Esse dia, conforme relatam, foi marco de fato histórico trágico: um incêndio em uma fábrica têxtil de Nova York, em 1911, devido às más condições de suas instalações, que acabou matando 130 operárias carbonizadas.

Por que em 8 de março?

Com o passar do tempo, no entanto, outros eventos relacionados às reivindicações femininas, além das lutas feministas, interferiram na escolha da data em que se comemoraria o Dia da Mulher internacionalmente.

A escolha do 8 de março, por exemplo, se deu depois de uma manifestação, na Rússia, contra o Czar Nicolau II, em 1917, ainda durante a Primeira Guerra Mundial. Estima-se que, na época, 80 mil mulheres se uniram em protesto contra as péssimas condições de trabalho do país, contra a fome que a maior parte da população enfrentava e contra a participação da Rússia no conflito armado.

O protesto, que ficou conhecido como Pão e Paz, acabou se tornando símbolo do Dia da Mulher depois de quatro anos. O mais interessante de tudo é que, na verdade, a manifestação havia acontecido no dia 23 de fevereiro na Rússia, o que equivale a 8 de março em nosso calendário, considerando que a antiga União Soviética adotava o calendário Juliano naqueles tempos.

Oficialização do Dia da Mulher

Como deu para perceber, o Dia da Mulher nessa data foi criado primeiro na Rússia. Somente em 1945, 20 anos depois que os russos já comemoravam esse marco histórico, que a ONU assinou o primeiro acordo internacional que garantia a igualdade entre homem e mulheres.

E a oficialização internacional de 8 de março como o Dia da Mulher ainda demorou mais alguns anos. Ele só foi reconhecido pela ONU em 1977.

Fonte: Área da Mulher

Categoria: Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

Jovens fazem vaquinha para ajudar catador de lixo que trabalha no Carnaval

Publicado em 07/03/2019 às 09h03

Os dias de folia que marcam o Carnaval são lembrados como uma grande festa e confraternização entre milhões de pessoas que saem às ruas para se divertir e comemorar. Mas não é todo mundo que consegue cair na folia.

Muitas pessoas simplesmente não podem se dar ao luxo de pararem de trabalhar para se divertir. É o caso de um catador de lixo, cujo esforço e dedicação acabou sendo reconhecido por um grupinho de jovens que estavam foliando num bloco de carnaval de rua em São Paulo. Os rapazes decidiram fazer uma vaquinha entre eles por ali mesmo e entregaram o dinheiro ao catador logo em seguida para ajudá-lo de alguma forma.

Nem o catador, nem os rapazes foram identificados, mas o gesto de empatia mostra que um número grande e cada vez crescente de pessoas têm se preocupado com o próximo. O mundo tem jeito. Pessoas boas não faltam por aí.

Ações como essa certamente inspiram e renovam as esperanças de muitas pessoas e nos instiga a sermos mais humildes e sensíveis às necessidades dos outros. Boas ações geram boas ações!

Uma internauta registrou o momento em que os foliões entregavam o dinheiro ao catador e postou no Instagram. No vídeo, o homem reage incrédulo, não acreditando que aquilo era pra ele.

"É sério? É sério?", ele responde várias vezes. Os jovens em seguida agradecem o trabalho dele no Carnaval, entendendo que ele é parte importante da festa.

"Não cheguei a conhecer o catador e nem os foliões, tentei ficar invisível. De toda forma fica registrado meus parabéns para todos! Essa não foi a única cena que presenciei de agradecimento aos catadores nos últimos carnavais , mas foi a única que consegui gravar. Aos poucos as pessoas estão entendendo que #CarnavalSemCatadorÉLixo!", disse a internauta.

Agora é necessário que o governo e o setor privado do país, que muita lucra com o Carnaval, reconheçam essas pessoas e as inclua de maneira mais justa e igualitária no mercado de trabalho. Queremos mais inclusão!

Categoria: Meio Ambiente, Opinião
Comentários (0) e Compartilhar

Boca amarga: 7 razões mais comuns para ter gosto amargo na boca

Publicado em 07/03/2019 às 08h44

A boca amarga é um sintoma comum para diversos problemas de saúde. Normalmente, indica má higienização da boca, contudo, pode indicar problemas no fígado, por exemplo.

Muitos pacientes buscam consultórios médicos e dentários com a mesma reclamação: sinto gosto amargo na boca. Ter um gosto amargo crônico na boca, não é uma condição normal, a menos que você esteja comendo algo amargo.

A alteração de paladar, também chamada de disgeusia, pode ser específica para um apurado gosto, como o amargo, ou inespecífica, citada pelo paciente como um gosto ruim ou diferente.

De acordo com estudo publicado na Nature [1] existem vários mecanismos de transdução gustativa, envolvendo receptores de membrana e proteínas de ligação que estão envolvidos na sensação amarga na boca.

O QUE PODE SER BOCA AMARGA?

Como já dito, sentir a boca amarga, muitas vezes não é um problema sério, mas pode interferir na sua vida diária e afetar sua dieta.

De acordo com Dr. Maurício Duarte, da Clínica Halitus, especialista em halitose e boca amarga, esse tipo de alteração no paladar pode ser provocado por problemas na cavidade bucal ou por alterações do organismo, mas que repercutem na boca.

Normalmente, essa condição envolve esses problemas:

  • Problemas renais
  • Esofagite
  • Problemas no fígado
  • Infecções respiratórias
  • Má higienização da boca
  • Medicamentos e suplementos
  • Refluxo

1- PROBLEMAS RENAIS

Quando os rins não estão funcionando muito bem, duas substâncias acabam se acumulando no corpo: a ureia e a creatina. Certamente, essas substâncias em excesso no organismo provocam a boca amarga.

Aliás, esse é um sintoma de pessoas que precisam de hemodiálise, exatamente por estarem com a ureia e a creatinina desequilibradas no corpo.

2- ESOFAGITE

A esofagite é a inflamação do esôfago, que liga a boca ao estômago, que pode ser causada pelo refluxo gástrico, que se dá quando o conteúdo ácido do estômago entra em contato com a mucosa do esôfago.

Ela gera sintomas como azia e gosto amargo na boca, mas quando o paciente segue corretamente a dieta para esofagite, pode haver cura.

3- PROBLEMAS NO FÍGADO

Quando o fígado não está funcionando corretamente, o corpo começa a acumular elevadas quantidades de amônia. Decerto, é uma substância tóxica, que é transformada em ureia pelo fígado e eliminada na urina.

Assim, os níveis aumentados de amônia provocam uma alteração do gosto, semelhante a peixe ou cebola. Doenças como hepatite, cirrose e esteatose costumam causar este sintoma.

4- INFECÇÕES RESPIRATÓRIAS

Sinusite, rinite, resfriado, amigdalite, coceira na garganta e outras infecções respiratórias também costumam provocar gosto amargo na boca.

O sintoma surge por causa das bactérias relacionadas aos problemas respiratórios.

5- BOCA MAL HIGIENIZADA

A causa mais comum de boca amarga está associada à presença de placa bacteriana na língua, a saburra lingual, principal causa do mau hálito, aos cáseos amigdalianos (placa bacteriana que se forma nas amígdalas), a uma baixa produção de saliva.

Tudo isso pode ser evitado se a higiene bucal estiver em dia. Uma dica sensacional é o uso de Bicarbonato de sódio para escovar a língua.

6- MEDICAMENTOS E SUPLEMENTOS

Uma vez que seu corpo tenha absorvido certos tipos de medicação, a saliva pode deter o gosto, geralmente amargo do remédio.

Além disso, se um medicamento ou suplemento tiver elementos amargos ou metálicos, pode deixar um gosto amargo na boca. Normalmente, os culpados são:

  • antibiótico tetraciclina
  • lítio, que é usado para tratar alguns distúrbios psiquiátricos
  • certos medicamentos cardíacos
  • vitaminas e suplementos que contêm zinco, cromo ou cobre
  • tratamento para o câncer, como a quimioterapia

7- REFLUXO GASTROESOFÁGICO

O refluxo ácido ocorre quando o esfíncter esofágico inferior enfraquece e permite que o alimento e o ácido do estômago se movam do estômago para cima, de volta ao esôfago e à boca.

Uma vez que este alimento contém ácido digestivo e enzimas, Volta ao esôfago, provoca um gosto amargo na boca bastante desagradável. Outros sintomas de refluxo incluem, por exemplo:

  • azia depois das refeições
  • problemas para engolir
  • tosse seca constante

BOCA AMARGA E SECA

A sensação de boca seca , também conhecida como xerostomia, pode ser causada por uma diminuição na produção salivar ou mudança na composição da saliva.

Sem a produção adequada de saliva, o sabor pode ser alterado. Além disso, os alimentos parecem tornar-se amargos causando a sensação de boca amarga e seca ao mesmo tempo.

Os problemas que causam esse sintoma são, por exemplo:

  • envelhecimento, pessoas idosas costumam ter esse sintoma
  • certos medicamentos
  • síndrome de Sjögren, que causa secura excessiva na boca e nos olhos
  • tabagismo

BOCA AMARGA NA GRAVIDEZ

 É normal que grávidas sintam a boca amarga. Isso porque, o hormônio feminino estrogênio, que flutua durante a gravidez, também pode alterar as papilas gustativas.

Muitas mulheres relatam um gosto amargo ou metálico na boca quando estão grávidas. Isso geralmente resolve no final da gestação ou logo após o parto.

REMÉDIO CASEIRO PARA GOSTO AMARGO NA BOCA

  • Beba muitos líquidos e mastigue chicletes sem açúcar para ajudar a aumentar a produção de saliva.
  • Pratique uma boa higiene bucal. Não esqueça de usar o fio dental diariamente e escovar a língua, todos os dias.
  • Reduza suas chances de sofrer refluxo ácido. Portanto, se você acha que tem esse problema busque tratamento para refluxo gastroesofágico.
  • Parar de fumar pode ser a solução do seu problema, definitivamente.
  • Evite a todo custo alimentação condimentada demais.
  • Discuta com seu médico, então, a possibilidade de troca seus medicamentos, se você perceber que um está lhe causando boca amarga.

TRATAMENTO PARA BOCA AMARGA

Assim que você buscar ajuda médica, o tratamento será definido de acordo com o problema causador da boca amarga.O tratamento, portanto, dependerá da condição subjacente que esteja causando o gosto amargo. Por exemplo, para o refluxo ácido você terá que tomar antiácidos específicos. No caso dos medicamentos, o próprio médico fará a substituição. Dependendo da situação você poderá ser encaminhado para:

  • um dentista se suspeitar que o gosto amargo está ligado a um problema dentário
  • um endocrinologista se estiver associado a uma doença como diabetes mellitus
  • um reumatologista se pensa que pode ter síndrome de Sjögren

CONCLUSÃO

A boca amarga, geralmente, não indica nada sério. Afinal, muitas vezes é desidratação que causa boca seca ou. simplesmente uma higiene bucal ruim. Mulheres grávidas podem ter gosto amargo na boca no início da gestação, o que é normal, devido às oscilações hormonais.

Mas, boca amarga pode ser problema de saúde, sim. Os problemas mais recorrentes são aqueles envolvendo doenças no fígado e refluxo gastroesofágico.

ARTIGO MÉDICO-CIENTÍFICO: NATURE [1]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 

Fonte: Diário de Biologia

Categoria: Opinião, Saúde
Comentários (0) e Compartilhar

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left show fwR tsN|bnull|||login news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|c05|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||