Museu do Amanhã realiza seminário para falar sobre passado, presente e futuro da Baía de Guanabara

Publicado em 18/09/2018 às 16h40

Evento que será realizado na próxima quarta (19) terá a participação dos especialistas David Zee, Fabio Scarano e Rodrigo Medeiros

Rio de Janeiro, setembro de 2018 – O Museu do Amanhã, gerido pelo Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG), convida os especialistas David Zee, Fabio Scarano e Rodrigo Medeiros para falar sobre os processos históricos e prognósticos futuros para a Baía de Guanabara. O evento será realizado na próxima quarta (19/9), às 15h, no Observatório do Amanhã, dando sequência à série de debates do projeto Baías de Todos Nós.

Em formato de talk-show, o debate é inspirado em livro homônimo, lançado no fim de 2017. A publicação traça o cenário histórico de ocupação urbana do entorno da Baía de Guanabara, mapeia a situação atual e traça previsões para o futuro.

Desde 2016, o Museu do Amanhã vem debatendo os destinos da Baía de Guanabara, umas das principais baías do país, em cuja bacia hidrográfica vivem 8,6 milhões de pessoas. A deficiência no saneamento básico – apenas 30% dos esgotos domésticos são tratados hoje – é um dos principais flagelos ambientais desse importante ecossistema local, que abriga enorme biodiversidade marinha, como tubarões e raias.

Jornalistas interessados devem se credenciar pelo e-mail imprensa@museudoamanha.org.br.

Serviço:

 

"Baía da Guanabara: passado, presente e futuro"

Data: 19 de junho (quarta-feira)

Horário: a partir das 15h

Local: Museu do Amanhã (Auditório)

Endereço: Praça Mauá, nº 1, Centro – Rio de Janeiro

Categoria: Brasil, Geral
Tags: Museu do Amanhã

Enviar comentário

voltar para Cultura

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left show fwR tsN|bnull|||login news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|c05|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||