Região

Prefeitura de Muriaé abre credenciamento para artistas da cidade e região

Publicado em 28/05/2019 às 08h46

Iniciativa traz mais transparência para contratação de atrações para eventos culturais; oportunidades são para artistas individuais, duplas, trios ou grupos de diferentes áreas da cultura

Está aberto desde a última semana o credenciamento de artistas de Muriaé e região para apresentação em atividades culturais, em iniciativa que chega para trazer mais transparência ao processo de contratação de atrações para eventos na cidade. O edital e os formulários para cadastramento estão disponíveis nos portais da Prefeitura (muriae.mg.gov.br) e da Fundarte (fundartemuriae.com.br).

O edital tem caráter permanente, ou seja, não expira, permitindo que o credenciamento seja feito a qualquer tempo pelos interessados. As inscrições valem tanto para artistas individuais quanto para duplas, trios e grupos de linguagens como música, dança, teatro, artes visuais, audiovisual, literatura, circo e cultura popular.

Para fazer o credenciamento, é necessário informar no formulário os dados pessoais, além de tipo de linguagem artística e área de atuação (música e sertanejo, respectivamente, por exemplo). Também é preciso apresentar um breve histórico profissional e enviar materiais de divulgação. Artistas que possuam site na internet e/ou canal de vídeos no YouTube também podem incluir os respectivos endereços para acesso.

Credenciamento de Artistas de Muriaé e Região
Período: indeterminado
Valor: gratuito
Edital e formulários: disponíveis em muriae.mg.gov.br e fundartemuriae.com.br

Categoria: Muriaé, Região
Comentários (0) e Compartilhar

Uma história preservada e reconhecida

Publicado em 30/10/2018 às 17h12

Museu Energisa em Cataguases recebe prêmio pela preservação da memória da empresa e da eletricidade no país.

O Grupo Energisa tem mais de 100 anos e muita história para contar. A Fundação Ormeo Junqueira Botelho (FOJB) mantém viva e atuante esta trajetória de sucesso há mais de 30 anos de atividades. Um dos reconhecimentos está no Prêmio Mario Bhering de Preservação de Memória, recebido pela FOJB, na última quinta-feira, 25 de outubro, na categoria Institucional, que reconhece as boas práticas de preservação de memória no setor de energia elétrica.

 

Entre essas boas práticas, destaca-se o Museu Energisa, que para o Centro da Memória da Eletricidade no Brasil, responsável pela premiação, conserva a memória da empresa e da eletricidade no país, desde o tempo em que se chama Companhia Força e Luz Cataguazes-Leopoldina. “O Museu é um exemplo a ser seguido por todas as empresas do setor elétrico brasileiro e, por este motivo, entendemos merecer o reconhecimento”, disse o presidente do Centro da Memória Augusto Luis Rodrigues.

 

Para Monica Botelho, presidente da FOJB, “a noite foi de muita emoção. Uma honra receber o Prêmio e uma alegria enorme pelo reconhecimento de estarmos cumprindo o nosso papel”. 

A premiação foi recebida durante o Encontro Internacional sobre Preservação de Memória no Setor de Energia Elétrica – Preserva.ME 2018, realizado anualmente pelo Centro da Memória da Eletricidade no Brasil no Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro. O Preserva.ME é o principal evento de preservação de memória do setor, reunindo profissionais e estudantes das áreas de história, museologia, arquivologia e biblioteconomia de todo o país. 

 

Este ano, na quarta edição do Encontro Internacional, o Preserva.ME trouxe 11 palestras, abordando diferentes questões da área de preservação histórica em instituições de ciência e tecnologia, desenvolvidas sob o tema ‘Museus: novas experiências e reflexões.

 

Uma das apresentações foi do Marco Andrade, coordenador cultural da Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho e do Museu Energisa em Cataguases. Com o tema ‘A energia que nos move’, ele abordou as experiências no desenvolvimento de projetos educativos e culturais que buscam a interatividade entre Museu e comunidade, identidade e pertencimento e memória e conhecimento nas cidades da região da Zona da Mata Mineira.

 

 

Categoria: Região
Comentários (0) e Compartilhar

Festival Ver e Fazer Filmes 2018

Publicado em 18/10/2018 às 16h18

Em sua 6ª edição, evento traz a Cataguases mostras de filmes infanto-juvenis, fóruns temáticos, workshops e encontro de cineclubes.

De 17 a 26 de outubro, o Festival Ver e Fazer Filmes promove uma ampla programação voltada para o público infanto-juvenil, especialmente, formado de crianças e jovens de Cataguases e da região do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais.

Além de mostras audiovisuais, o evento realiza fóruns temáticos, arenas e workshops que irão reunir também dezenas de agentes culturais e educadores, realizadores e produtores audiovisuais, gestores de empresas, instituições e universidades, bem como, representantes de órgãos governamentais em âmbito regional, estadual e nacional.

Na etapa VER FILMES, a programação do Cine Escola Animada exibirá duas Mostras de Filmes Nacionais: uma para a juventude (17 a 19 de outubro) e outra para crianças (23, 24 e 25 de outubro), em sessões seguidas de debates e a seleção do melhor filme de cada mostra.

A curadoria foi organizada por Marcos Pimentel, documentarista e diretor de formação do Polo Audiovisual da Zona da Mata, que selecionou 18 curtas e longa-metragem da recente produção brasileira, abordando temas pertinentes ao universo e interesses de crianças e jovens.

Para mobilizar a criançada foram realizadas 26 oficinas de fotografia e 32 sessões educativas no Colégio Cataguases e no Centro Cultural Humberto Mauro. Na ação estão envolvidas 05 Escolas Municipais de Cataguases, com a participação direta de 250 crianças, entre 6 e 11 anos, que irão compor o Júri Infantil do Festival.

Já para a MOSTRA JUVENIL, como nos anos anteriores, o Festival tem a parceria do Projeto Escola Animada - Rede Cineclube, que, em 2018, irá mobilizar 250 estudantes do ensino médio, de 23 cineclubes instalados em escolas e centros culturais de 12 cidades da Região.

No processo de mobilização dos coletivos de estudantes e professores, foram realizadas 24 oficinas para produção de vinhetas animadas de cada cineclube. No Festival, além de compor o Júri Juvenil da mostra competitiva, os estudantes irão participar do Desafio Audiovisual, um jogo educativo que relaciona juventudes, cultura e o cinema nacional.

O objetivo principal desta etapa é ampliar experiências e metodologias de aplicação da educação audiovisual na formação integral de estudantes, crianças e jovens da região.

Na programação, ganha também destaque: a realização do Fórum Cultura, Educação e Desenvolvimento Local com convidados especiais, dentre autoridades e especialistas, para participação em duas mesas temáticas: “Cidades Criativas e Educadoras” e “Arranjos Produtivos do Audiovisual em Rede”. E ainda, a organização da ação Arena Escola Criativa, que promove três workshops para participação de educadores e pesquisadores, com os temas: “Juventudes, Cultura e Cidade”; “Formação em Tecnologias Audiovisuais; Infância, Cultura e Cidade”.

Na Etapa FAZER FILMES, no dia 26 de outubro, o Festival será palco para a primeira exibição e premiação dos curtas-metragens produzidos por realizadores locais no âmbito do 3º Edital Usina Criativa de Cinema.

Em fevereiro de 2018, após chamada pública em 65 cidades da região do Polo Audiovisual da Zona da Mata, uma comissão de jurados formada por profissionais do setor, selecionou 4 projetos de realizadores audiovisuais locais para produção de 4 curtas-metragens. Um quinto filme foi realizado por um diretor convidado da capital mineira. Ao longo dos últimos seis meses, cada projeto recebeu $30 mil reais para sua produção, além de suporte e apoio de 10 consultorias especializadas em diversas áreas.

Nessa etapa, o Festival mobilizou cerca de 300 profissionais locais, em diversas áreas da produção audiovisual, cumprindo assim sua missão de fortalecer empreendedores criativos, moradores da região, na viabilização de seus primeiros e ou próprios filmes.



SESSÕES ESPECIAIS

Para o grande público, Festival Ver e Fazer Filmes reserva dois grandes momentos. O primeiro, na abertura do evento, dia 17, com a exibição do documentário “Humberto Mauro”, dirigido por André Di Mauro. O segundo momento especial, no dia 20, será com a exibição do longa-metragem “Quase Memória” de Ruy Guerra, como Diretor Homenageado do Festival em 2018.

O FESTIVAL VER E FAZER FILMES é uma realização do Instituto Fábrica do Futuro, Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho e a Agência de Desenvolvimento do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais, com o patrocínio da ENERGISA através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura da Secretaria de Estado da Cultura de Minas Gerais. O evento conta também com a parceria das Superintendências Regionais de Ensino (SRE) de Leopoldina, Muriaé, Ubá e Juiz de Fora da Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais, do Instituto Cidade de Cataguases, das Secretarias Municipais de Cultura e Educação de Cataguases, Instituto Federal – IF Sudeste, Cia Brasileira de Alumínio e Sebrae.

A maioria das atividades do Festival Ver e Fazer Filmes são gratuitas e abertas ao público, com ingressos retirados no Centro Cultural Humberto Mauro uma hora antes de cada evento. Apenas a mostra Usina Criativa de Cinema, no dia 26 de outubro, será reservada aos convidados das equipes dos curtas produzidas no âmbito do edital.

Serviço:
FESTIVAL VER E FAZER FILMES 2018
De 17 a 26 de OUTUBRO
CATAGUASES

Categoria: Região
Comentários (0) e Compartilhar

Campeonato de muaythai reunirá atletas de todo país dia 20 em Muriaé

Publicado em 08/10/2018 às 15h27

PMIF Muayhtai Brasil acontecerá a partir das 18h, no Rodrigão, com entrada gratuita; haverá disputa e defesa de cinturão

Muriaé receberá atletas de todo país dia 20 de outubro para o PMIF Muaythai Brasil. Com entrada gratuita, o campeonato acontecerá a partir das 18h, no Ginásio Poliesportivo Rodrigo Flores de Abreu, o Rodrigão.

Ao todo, serão dez lutas – sendo duas femininas -, disputadas por atletas de Muriaé e outras cidades Minas e de outros estados, como São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Rondônia, Pará e Bahia. Dessas lutas, haverá uma defesa e uma disputa de cinturão. O card completo será divulgado em breve.

Os portões serão abertos às 17h, e as disputas terão início às 19h. Durante o intervalo haverá sorteio de brindes ao público. O evento contará também com praça de alimentação.  

O campeonato – O PMIF Muaythai Brasil é um campeonato internacional de muaythai realizado em Muriaé pela Federação de Muaythai Mineira (FMM), Academia Thai Fighters e PMIF (Pairojnoi Muaythai International Federation, na sigla em inglês). Este ano, assim como em 2017, quando aconteceu a primeira edição, conta mais uma vez com apoio da Prefeitura, por meio de incentivo do edital de Turismo da Fundarte.

Além de divulgar e promover o muaythai, o evento incentiva a prática esportiva em Muriaé, ao receber atletas de todo país e apresentar ao público lutas profissionais. O PMIF Muaythai Brasil segue os padrões tailandeses (o muaythai surgiu na Tailândia) de técnicas, lutas e arbitragem.

O organizador do campeonato, Gilbert Almeida, também presidente da Federação, líder da equipe Thai Fighters e representante oficial no Brasil da PMIF, promete uma estrutura de iluminação nos moldes dos principais eventos da modalidade. “Será um grande show de lutas e técnicas. Este será um dos maiores campeonatos de muaythai de todo país. Todos estão convidados para o PMIF Muaythai Brasil”, diz.

 

Categoria: Muriaé, Região
Comentários (0) e Compartilhar

Muriaeenses participam da Semana de Capoeira em Ponte Nova

Publicado em 12/08/2018 às 20h39

Crianças e adolescentes do SCFV, com apoio da Prefeitura, se apresentaram durante evento, adquirindo experiências e demonstrando trabalho realizado em Muriaé

Vinte e cinco crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) participaram, na quinta-feira (9), do encerramento da Semana da Capoeira, que aconteceu na Fundação Menino Jesus, em Ponte Nova. Durante a participação no evento, que aconteceu com apoio da Prefeitura, eles puderam trocar experiências com outros capoeiristas e mostrar o trabalho realizado em Muriaé nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), onde as oficinas acontecem.

A programação de quinta-feira incluiu rodas de capoeira e dinâmicas aplicadas pelo professor Paulo Sérgio Guimarães, o Babinha, e pelo coordenador da Oficina de Capoeira da Fundação Menino Jesus, formando Tico. Houve ainda apresentação de uma coreografia de maculelê montada pelo CRAS Vermelho. “A participação das crianças e adolescentes de Muriaé neste evento foi de suma importância, pois possibilitou que eles entendessem a capoeira em todo seu contexto e conhecessem o espaço do projeto de Ponte Nova. A prática da capoeira agrega valores como disciplina, respeito e trabalho em equipe”, considera Babinha, facilitador de oficinas e instrutor da Prefeitura.

A assessora técnica da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Giselle Braga, frisa que a participação das crianças e adolescentes do SCFV foi importante para promover o intercâmbio entre os capoeiristas. “Eventos como este estimulam a socialização com outras pessoas, praticando respeito mútuo e proporcionam aos nossos usuários a oportunidade de serem vistos e reconhecidos por seus talentos, além de mostrar a importância e diferença que o esporte faz na vida de uma criança e adolescente”, diz.

 

Categoria: Região
Comentários (0) e Compartilhar

Rosário da Limeira recebe ótimo público em mais dois dias de Exposição

Publicado em 30/07/2018 às 15h13

Programação musical de sábado e domingo teve Léo Rodrigues e Banda Lyrius, Ludy Matta e DJs

A cidade de Rosário da Limeira viveu um final de semana de festa recebendo milhares de pessoas que prestigiaram as três noites da XVII Exposição Agropecuária e Artesanal do município.  O prefeito José Maria da Silva, já na abertura na sexta-feira (27) previa que seria um sucesso dado ao esforço empenhado pela sua equipe na organização.

Na sexta-feira o cator Israel Novais deu o tom da diversão, reunindo um grande público no parque de exposições.

No sábado (28) foi a vez de Léo Rodriguez e banda Lyrius. A festa ainda teve as apresentações dos DJs Lucas, Leo Aleixo e Lauro.

E no Domingo (29) foi a vez de Ludi Matta levantar o público.

Ainda no domingo, só que pela manhã, aconteceu a premiação do concurso Leiteiro e a realização do concurso de Marchas.O prefeito José Maria da Silva agradece a todos que direto ou indiretamente tornaram possível a realização e a participação dos Limeirenses e visitantes.

 

Categoria: Região
Comentários (0) e Compartilhar

Exposição de Rosário da Limeira teve abertura nesta sexta-feira com super show de Israel Novais

Publicado em 28/07/2018 às 12h48

Nesta sexta-feira, 27, foi aberta oficialmente a 17ª edição da exposição Agropecuária e Artesanal de Rosário da Limeira. A solenidade de abertura aconteceu com a presença de autoridades de diversas cidades da região que foram prestigiar o evento organizado pela administração do prefeito José Maria da Silva. Logo no início foi executado o hino nacional Brasileiro e apresentado, na sequência, um balanço das atividades realizadas pela administração 2017/2020 com destaque para as ações nas áreas de saúde, educação e obras.

O presidente da Câmara Municipal de Rosário Limeira falou da devolução de recursos que a casa realizou para o município, que poderão ser investidos em prol da população. Logo depois o vice-prefeito de São Francisco do Glória, Inácio Francisco, falou em nome das autoridades presentes. Pra fechar os pronunciamentos, o prefeito José Maria da Silva, destacou a importância de trabalhar focado no crescimento do município mesmo tendo limitações impostas pela crise que assola o país. “Estamos vivendo uma crise política sem precedentes, e mesmo assim, com recursos escassos, buscamos investir para o crescimento de nossa cidade”, disse. E completou, “mas este desenvolvimento só é possível com a ajuda de todos”.

O primeiro show da exposição foi do cantor Israel Novais, que agitou a noite de sexta levando muita alegria aos milhares de presentes no parque de exposição. A exposição tem sequência hoje e amanhã.

 

Categoria: Região
Comentários (1) e Compartilhar

Shows, gado de qualidade e artesanato diferenciado, são algumas das atrações da Exposição de Rosário da Limeira que começa hoje

Publicado em 27/07/2018 às 15h38

Começa hoje a XVII Exposição Agropecuária de Artesanal de Rosário da Limeira. O Prefeito José Maria da Silva convida a todos da região para que prestigiem a festa que traz, além de ótimos shows, como atrativos, gados de excelente qualidade e um artesanato diferenciado produzido pela comunidade limeirense.

A abertura oficial acontece hoje às 21 horas. A festa vai até o próximo domingo.

 

Categoria: Região
Comentários (0) e Compartilhar

Escola Municipal de Rosário da Limeira realiza arraiá

Publicado em 18/07/2018 às 15h36
 
A Escola Municipal Maria Auxiliadora Guarçoni B. Bonato e CASI – Tempo Integral promoveram, com apoio da Administração 2017/ 2020 e Secretaria de Educação, um animado arraiá. A festa aconteceu na última sexta-feira, 13 de julho, na quadra Lindenberg Dias Maciel. 
O evento contou com pescaria, pula-pula, bingo, comidas típicas e show por conta dos “Caras do Forró”. Diversos alunos, desde os mais pequenos aos já adolescentes, fizeram apresentações de dança e quadrilha, mantendo viva a tradicional festa junina.
Estiveram presentes diversas autoridades como o prefeito José Maria da Silva e os vereadores Maureli Freitas, Wanderlei do Nena, Riediçon e Netinho.
 
Categoria: Região
Comentários (0) e Compartilhar

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left show fwR tsN|bnull|||login news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|c05|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||