Educação

Queniano é eleito melhor professor do mundo: doa 80% do salário para pobres

Publicado em 25/03/2019 às 10h05

E o melhor professor do mundo é um queniano que doa 80% de seu salário para os pobres na remota aldeia de Pwani, no Quênia.

O frade francisco e professor Peter Tabichi ganhou um milhão de dólares neste domingo, 24, e na escola em que ele dá aulas, existe apenas um computador e acesso à internet de má qualidade.

Tabichi ensina ciência para estudantes do ensino médio na aldeia semi-árida de Pwani, onde quase um terço das crianças são órfãs ou têm apenas um dos pais.

A entrega do anual Global Teacher Prize foi no Atlantis Hotel, em Dubai, em uma cerimônia apresentada pelo ator Hugh Jackman.

Tabichi que recebeu o prêmio com a túnica franciscana, disse que o mais distante que ele viajou antes disso foi para Uganda.  A  ida para Dubai marcou sua primeira vez em um avião.

“Eu me sinto ótimo. Eu não posso acreditar. Eu me sinto muito feliz por estar entre os melhores professores do mundo, sendo o melhor do mundo”, disse ele à Associated Press após sua vitória.

O queniano superou outros nove candidatos, dentre eles a professora brasileira Débora Garofalo, que ensina robótica na Escola Ary Parreiras, na periferia de São Paulo.

Outro brasileiro, o pernambucano Jayse Ferreira, também figurou na lista dos 50 melhores professores do mundo.

 

Prêmio para escola

Ele disse que a escola não tem biblioteca nem laboratório. Ele planeja usar o milhão de dólares de sua vitória para melhorar a escola e alimentar os pobres.

Apesar dos obstáculos que os alunos de Tabichi enfrentam, ele é creditado por ajudar muitos a permanecer na escola, qualificar para competições internacionais em ciência e engenharia e ir para a faculdade.

“Sempre que eu reflito sobre os desafios que eles enfrentam, eu derramo lágrimas”, disse ele sobre seus alunos, acrescentando que sua vitória vai ajudar a dar-lhes confiança.

O presidente do Quênia, Uhuru Kenyatta, disse em um comunicado que a história de Tabichi “é a história da África e esperança para as gerações futuras”.

Como membro da irmandade católica romana, Tabichi usava uma túnica marrom até o chão para receber o prêmio apresentado pelo príncipe herdeiro de Dubai Sheikh Hamdan bin Mohammed bin Rashid Al Maktoum.

O prémio é distribuído pela Fundação Varkey, cujo fundador, Sunny Varkey, criou a empresa GEMS Education, com fins lucrativos, que administra 55 escolas no Emirados Árabes Unidos, Egito e Catar.

Em seu discurso, Tabichi disse que sua mãe morreu quando ele tinha apenas 11 anos de idade, deixando seu pai, um professor de escola primária, com o trabalho de criar ele e seus irmãos sozinhos.

Tabichi agradeceu a seu pai por ensinar valores cristãos para ele e então apontou para o pai na plateia, convidou-o para subir ao palco e entregou-lhe o prêmio para segurar, o local se encheu de aplausos da plateia.

“Esta noite foi incrivelmente emocionante, muito comovente”, disse Hugh Jackman à AP depois de apresentar a cerimônia e tocar números musicais de seu filme The Greatest Showman.

“Foi uma grande honra, uma emoção estar aqui e a noite foi cheia de um espírito realmente puro ”, acrescentou.

Tabichi foi selecionado entre dez mil candidatos.

O vencedor é selecionado por comitês compostos por professores, jornalistas, funcionários, empresários, líderes empresariais e cientistas.

No ano passado, um professor de arte britânico foi premiado por seu trabalho em um dos lugares mais etnicamente diversos no país. Seu trabalho foi apontado pelos alunos por ser responsável por se sentiremm bem-vindos e seguros em um bairro com altas taxas de homicídios.

Outros vencedores incluem um professor canadense por seu trabalho com alunos indígenas em uma aldeia isolada do Ártico, onde as taxas de suicídio são altas, e uma professora palestina por seu trabalho em ajudar crianças refugiadas na Cisjordânia traumatizadas por violência.

O primeiro vencedor em 2015 foi um professor do Maine que fundou uma organização sem fins lucrativos para desenvolver e disseminar novos métodos de ensino.

Com informações Estadão
Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

Fonte: Só Notícia Boa

Categoria: Dicas, Geral
Comentários (0) e Compartilhar

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Sebrae Educação Empreendedora

Publicado em 21/03/2019 às 09h34

Inscrições abertas para o Prêmio Sebrae Educação Empreendedora

O Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora tem como objetivo identificar, estimular, reconhecer e divulgar as melhores práticas da educação empreendedora no Brasil em quatro categorias: ensino fundamental, médio, técnico e superior, cujo relato sirva como referência para outros profissionais de educação ou instituições de ensino.

Serão selecionados e reconhecidos os profissionais responsáveis, como por exemplo: reitores, diretores, coordenadores, professores, secretários de educação municipal, estadual ou outros profissionais envolvidos com o ensino formal, por iniciativas que sirvam para desenvolver, aperfeiçoar ou fomentar um comportamento empreendedor nos alunos das instituições de ensino em que atuam.

INSCRIÇÕES DE 1 DE JANEIRO DE 2019 A 26 DE ABRIL DE 2019

Categoria: Geral
Comentários (0) e Compartilhar

Prefeitura lança edital de processo seletivo para Programa “Novo Mais Educação”

Publicado em 08/03/2019 às 08h33

Inscrições devem ser feitas até 18 de março; há oportunidades para voluntário mediador e voluntário facilitador

A Prefeitura de Muriaé está com edital de processo seletivo aberto para formação de cadastro de reserva de vagas do Programa “Novo Mais Educação” para o ano letivo de 2019. Há oportunidades para voluntário mediador e voluntário facilitador.

As inscrições devem ser feitas até 18 de março, pela internet (no link https://goo.gl/Fjpg3y). O edital pode ser consultado no site da Prefeitura (www.muriae.mg.gov.br, link “Cidadão”, aba “Concursos e Processos Seletivos”, opção “Secretaria Municipal de Educação”). A classificação definitiva será divulgada dia 22 deste mês.

O processo seletivo terá validade de 180 dias, a contar da data de homologação do resultado final, permitindo a prorrogação por igual período.

O “Novo Mais Educação” é uma estratégia do Ministério da Educação para melhorar a aprendizagem em Língua Portuguesa e Matemática no Ensino Fundamental, por meio da ampliação da jornada escolar de crianças e adolescentes, mediante a complementação da carga horária de 15 horas semanais no contraturno escolar.

 

Vagas - As vagas de voluntariado mediador são destinadas para professores com pós-graduação em Educação, professores formados em Pedagogia, professores formados em Curso de Magistério e estudantes do Curso de Pedagogia.

Responsável pelas atividades de acompanhamento pedagógico, o voluntário mediador trabalha de forma articulada com os professores da escola para promover a aprendizagem dos alunos em Matemática e Língua Portuguesa. Eles têm direito a receber um custeio para ressarcimento de despesas com transporte e alimentação no valor mensal de R$150,00 por turma.

Já voluntário facilitador é o responsável pela realização de atividades de livre escolha da escola nos campos das artes, cultura, esporte e lazer. Para este cargo, as vagas são destinadas para professores com pós-graduação em Educação ou área correlata à pretendida, profissionais com curso de Licenciatura em área correspondente à pretendida, estudantes em área relacionada à pretendida e educadores populares com experiência em Educação Integral, especialmente na área análoga à pretendida. O custeio para o ressarcimento de despesas com transporte e alimentação mensal é de R$80,00 por turma.

Vale lembrar que o serviço voluntário não gera remuneração, vínculo empregatício, nem obrigações de natureza trabalhista, previdenciária ou afim.

 

Serviço

Processo seletivo para Programa “Novo Mais Educação”:

Período de inscrições: até 18 de março

Endereço: https://goo.gl/Fjpg3y

Edital: www.muriae.mg.gov.br, link “Cidadão”, aba “Concursos e Processos Seletivos”, opção “Secretaria Municipal de Educação”

Há oportunidades para voluntário mediador e voluntário facilitador

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

Profissionais da Educação são capacitados sobre musicalização e estimulação sensorial na educação infantil

Publicado em 01/03/2019 às 08h39

Programação incluiu oficinas de estímulo e de música, a fim de aprimorar atendimento às crianças de creches e berçários da rede municipal

Professores e berçaristas que atuam em creches, atendendo crianças desde 0 a 5 anos, foram capacitados em musicalização e estimulação sensorial na educação infantil. Os encontros, que começaram na terça-feira (26) e terminam nesta quinta-feira (28), estão sendo realizados durante o dia na Escola Municipal Joaquim Ribeiro de Carvalho (Caic), no Encoberta, e à noite na escola Municipal Doutor Antônio Canêdo, Centro. O objetivo é aprimorar o atendimento às crianças de creches e berçários da rede municipal.

O conteúdo foi repassado pelo coordenador pedagógico do Sistema Etapa, Carlos Eduardo Cruz, e pelo músico e formador Samuel Sodré, do Rio Grande do Sul - profissional que tem vasta experiência em música infantil, com diversos CDs gravados e livros publicados na área. A programação dos três dias de capacitação incluiu oficinas de estímulo e de musicalização. “A música é uma ferramenta incrível de aprendizagem, que agrega movimento e contribui para a formação psicomotora da criança”, afirma Carlos Eduardo.

A capacitação acontece em parceria entre a Prefeitura de Muriaé e o Sistema Etapa Público. “Desde 2017 temos trabalhado o caráter educacional e o trabalho unificado entre creche e pré-escola”, diz a coordenadora da Educação Infantil da Secretaria Municipal de Educação, Pollyana Matos. A coordenadora frisa ainda que capacitações como esta visam preparar os profissionais para se adequarem aos padrões da nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC), cujo prazo é até o final deste ano. A nova BNCC solicita que a parte lúdica, como a musicalização, seja mais explorada no processo de aprendizagem dentro do contexto pedagógico.

Categoria: Muriaé, Projetos
Comentários (0) e Compartilhar

Saúde faz levantamento inédito para acompanhar gravidez em escolares

Publicado em 27/02/2019 às 15h51

Gestores educacionais têm até 15 de abril para informarem casos de gravidez na adolescência identificados no ano letivo de 2018. O questionário está disponível junto com o EducaCENSO 2019

O Ministério da Saúde contará com mais uma ferramenta para direcionar e acompanhar ações de saúde para o cuidado e a prevenção da gravidez em adolescentes. A pasta realiza até o dia 15 de abril, um questionário sobre a quantidade de casos de gravidez nas jovens, com idades entre 10 e 19 anos, que estudam em escolas públicas e privadas de todo o país. O levantamento está disponível juntamente com o EducaCenso 2019, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

“Nosso objetivo é identificar esses casos, para que ambos os sistemas, saúde e educação, possam realizar ações de prevenção da gravidez na adolescência e qualificar o cuidado a essas gestantes, tanto no que se refere à oferta da educação durante toda a gestação e pós-parto, quanto no que tange às equipes de saúde, para que eles possam atender com pré-natal, possam orientá-las e apoiá-las em todas as etapas”, destacou a coordenadora do programa Saúde na Escola, no Ministério da Saúde, Michele Lessa.

O questionário pode ser respondido por gestores escolares, como diretor (a), vice-diretor (a), coordenador (a) ou pessoa designada para tal fim. As perguntas giram em torno do número de gestantes que engravidaram em 2018, das que já estavam com o diagnóstico gestacional e se houve interrupção da gravidez durante todo o ano passado. Com isso, será possível identificar quais escolas possuem maior prevalência e onde demanda maior atuação dos Ministérios da Saúde e Educação. Além disso, a expectativa é de que essa ação possa reduzir as vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças e adolescentes na trajetória escolar.

A proposta do levantamento ocorre no âmbito do Programa Saúde na Escola (PSE), que já possui ações que visam contribuir para a formação integral dos estudantes por meio de medidas de promoção, prevenção e atenção à saúde. Atualmente, o programa atende um universo de 20 milhões de estudantes de 85.706 escolas com apoio de mais de 36 mil equipes da Atenção Básica do Sistema Único de Saúde (SUS). O investimento anual do Governo Federal no último ciclo do PSE foi de R$ 89 milhões.

GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA

No Brasil, embora dados apontem tendência de queda, a taxa de gravidez na adolescência (58,7/1000) está acima da média das Américas (48,6/1000). Dados do Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos (SINASC) apontam que entre os anos de 2000 a 2016, o número de casos de gravidez na adolescência (10 a 19 anos) teve queda de 33% no Brasil, saindo de 750.537 nascimentos e indo para 501.385 nascimentos. Em 2017 e 2018, dados preliminares do Sinasc, informaram que nasceram, 480.211 crianças filhas de mães entre 10 e 19 anos em 2017 e 394.717 em 2018.  

A queda no número de adolescentes grávidas está relacionada a vários fatores, como a expansão do programa Saúde da Família, que aproxima os adolescentes dos profissionais de saúde, mais acesso a métodos contraceptivos e ao programa Saúde na Escola que oferece informação de educação em saúde.

Por Victor Maciel, da Agência Saúde

Categoria: Dicas, Geral
Comentários (0) e Compartilhar

Pai, mãe e filha realizam juntos o sonho de cursar o ensino superior

Publicado em 26/02/2019 às 09h53

Exemplo de superação em família!

Família que estuda unida, permanece unida. Esse é o lema de vida da família Prates. No último dia 18 de fevereiro, Reginara, Luis Carlos e a filha Victorya começaram juntos a realizar o sonho da formação superior.

Os três optaram por cursos na área da saúde da FADERGS, em Porto Alegre, e dizem que o apoio mútuo foi decisivo na hora de retomar os estudos. A maior incentivadora da família sempre foi a mãe, Reginara. Aos 54 anos, ela já tinha abandonado os próprios sonhos para dar voz e vez aos da filha.

Ao lado dela, o marido Luis Carlos, de 57, também já estava acomodado na aposentadoria quando resolveu trocar o descanso pelas aulas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Tudo para incentivar a filha Victorya, 22 anos, caçula de três irmãos, a continuar os estudos.

“Eu tinha parado a escola e ele resolveu fazer o Encceja junto comigo para me incentivar”, explica Victorya. Mas o incentivo não parou por aí. Depois veio o Enem, que pai e filha também fizeram juntos. Luis Carlos tomou gosto pelos estudos e resolveu que também iria cursar o ensino superior. “Tudo nasceu da iniciativa de ajudar a Victorya. Aos poucos, a gente foi se fortalecendo e agora vamos juntos para a universidade”, diz Luis Carlos, que vai cursar fisioterapia.

Já a filha optou pela enfermagem. E a esposa, psicologia. Os três vão assistir às aulas na sede João Pessoa da FADERGS. “Com eles indo comigo pra faculdade, o mais difícil vai ser faltar aula”, brinca Victorya.

Uma vida de superação

Desde pequena Reginara tinha o sonho de ser psicóloga, mas nunca pensou que seria possível. “Quando eu era nova achava que jamais ia passar no vestibular. Eu não sabia como era, mas sempre coloquei na minha cabeça que nunca ia conseguir”, conta.

Atualmente trabalha como corretora de imóveis, mas essa nunca foi a profissão que trouxe realização de verdade. Agora “tá sendo um sonho”, como ela mesma define, e ainda ressalta: “Vou poder trabalhar até velhinha. Quando a gente fica mais velha, fica mais experiente”.

crédito das fotos: Cassius Souza/FADERGS

Categoria: Dicas, Projetos
Comentários (0) e Compartilhar

O UNIFAMINAS espera você para essa experiência saborosa!

Publicado em 13/02/2019 às 17h15

O Unifaminas, campus Muriaé, lançou uma superpromoção para os amantes da gastronomia que sonham com uma graduação na área. Neste ano de 2019 quem optar por fazer o curso ganha um super desconto.

Com a opção do vestibular agendado, o calouro poderá ingressar no curso, que tem carga horária de 1600 horas,duração de quatro semestres letivos (2 anos) e opção de turmas nos turnos matutino e noturno (Autorização CONSU n° 01/201).

De acordo com o site oficial do Unifaminas, “O tecnólogo em Gastronomia concebe, planeja, gerencia e operacionaliza produções culinárias, atuando nas diferentes fases dos serviços de alimentação, considerando os aspectos culturais, econômicos e sociais. Empresas de hospedagem, restaurantes, clubes, catering, bufês, entre outras, são possibilidades de locais de atuação deste profissional. O domínio da história dos alimentos, da cultura dos diversos países e da ciência dos ingredientes, além da criatividade e atenção à qualidade são essenciais nesta profissão, em que o alimento é uma arte”, explica.

Sobre o perfil profissional do tecnólogo em gastronomia, o site esclarece que o profissional se torna apto a realizar atividades de planejamento, organização, execução e comercialização de serviços de alimentação em nível tático e gerencial. “A sólida instrução adquirida através dos conceitos utilizados pela gastronomia na contemporaneidade permitirá também ao recém-formado a inserção no mercado de trabalho no Brasil ou em qualquer país do mundo, em condições de ocupar cargos de liderança nos diversos segmentos de alimentação e bebidas”, completa.

Categoria: Muriaé, Região
Comentários (0) e Compartilhar

Prazo para matrículas do Proeja FIC prossegue até dia 15

Publicado em 07/02/2019 às 17h26

Inscrições estão sendo feitas na Secretaria de Educação e Escola Municipal Professora Odaléia Azevedo

A Prefeitura de Muriaé, através da Secretaria Municipal de Educação, está com matrículas abertas para o Proeja FIC. Estão sendo oferecidas diversas vagas para os anos finais do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano. O programa oferece oportunidade de conclusão da educação básica e formação profissional para jovens e adultos que não tiveram acesso ao ensino na idade regular.

Os interessados podem ser inscrever até dia 15 de fevereiro na Secretaria Municipal de Educação, que está localizada no primeiro andar do Centro Administrativo, de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 11h; ou na Escola Municipal Professora Odaléia Oliveira Morais de Azevedo (onde as aulas são ministradas), na Barra, de segunda a sexta-feira, das 18h30min às 22h. Para se cadastrar, é necessário apresentar documento de identidade e CPF.

As aulas tiveram início na última terça-feira (5). A Secretaria de Educação afirma que, apesar do ano letivo já ter começado, os alunos que vão iniciar o curso posteriormente não terão o desempenho comprometido.

O curso, que é destinado para as pessoas que já concluíram o 5º ano do Ensino Fundamental, tem duração de dois anos, em regime semestral e presencial, com aulas de segunda a sexta-feira, das 18h20min às 22h20min. Em Muriaé, o Proeja FIC conta com o apoio da Prefeitura e IF Sudeste, o qual oferece aos alunos o Curso de Secretariado.

 

Serviço

Inscrição Proeja FIC:

Prazo: até 15 de fevereiro

Locais:

– Secretaria Municipal de Educação, localizada no primeiro andar do Centro Administrativo

– Escola Municipal Professora Odaléia Oliveira Morais de Azevedo, localizada na Praça Carlos Drumond de Andrade, 99, Barra

Horário:

– Secretaria Municipal de Educação: das 7h30min às 11h

– Escola Municipal Odaléia Morais de Azevedo: das 18h30min às 22h

Dias: segunda a sexta-feira

Documentos a serem apresentados: identidade e CPF

Podem participar: jovens e adultos que concluíram o 5º ano do Ensino Fundamental e que não tiveram acesso ao ensino na idade regular

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

Mais de 9 mil alunos da rede municipal de ensino retornam às aulas

Publicado em 05/02/2019 às 17h36

Ano letivo começou nesta terça-feira (5) em 40 escolas municipais

Cerca de 9.300 alunos da rede municipal de ensino retornaram às salas de aulas nesta terça-feira (5) após as férias. O calendário escolar 2019 compreende 200 dias letivos e carga horária de 800 horas.

A rede municipal é composta por 40 escolas, que oferecem educação de qualidade aos estudantes muriaeenses desde a creche ao 9º ano. As aulas terminam em 13 de dezembro deste ano e o recesso do mês de julho será de 15 a 29.

“Muriaé deu um passo à frente ao iniciar o ano letivo na data prevista. Enquanto muitas cidades do nosso Estado adiaram em 30 dias o começo das aulas, os nossos alunos não serão prejudicados com esse atraso. A ação da Prefeitura de Muriaé em iniciar as aulas no tempo normal, conforme previsto, é muito importante”, afirma a secretária Municipal de Educação, Maria da Conceição Rodrigues de Souza, a Nininha.

Confira abaixo os dados do Calendário Escolar 2019:

– Recesso do mês de julho: 15 a 29

– Tradicional Semana do Professor: 14 a 18 de outubro

– Término do ano letivo: 13 de dezembro

– Término do ano escolar para os professores: 18 de dezembro

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

Estagiários de creches recebem treinamento sobre brinquedos e brincadeiras

Publicado em 05/02/2019 às 17h17

Capacitação aconteceu na última sexta-feira (1º), no Teatro Zaccaria Marques

Cerca de cem estagiários do Projeto Estágio Educa que vão atuar nas creches municipais em 2019 participaram de capacitação sobre práticas em sala de aula com brinquedos e brincadeiras. Promovido pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação, o treinamento foi realizado na manhã da última sexta-feira (1º), no Teatro Zaccaria Marques.  

Esta capacitação foi a primeira do ano e envolveu estagiários de Letras, Pedagogia, Ciências e Assistência Social. O curso aconteceu em duas etapas. Na primeira fase, foi explicado sobre manual de funcionamento da creche, com orientações práticas sobre vestuário, cuidados com as crianças, entre outras. No segundo momento, aconteceu a demonstração de brinquedos feitos com material reciclado e oficina para confecção de brinquedos.

De acordo com a coordenadora de Creches da Secretaria Municipal de Educação, Renata Rheim, os estagiários vão aplicar nas creches o que aprenderam no treinamento, melhorando a qualidade do atendimento prestado às crianças. “Foi um momento muito rico em termos de conhecimento. Os estagiários adoraram e vão levar toda essa prática lúdica para a sala de aula”, conta. “Vamos trabalhar muito nas creches municipais este ano com brinquedos e brincadeiras”, completa a assessora pedagógica de Creches, Nataly Amaral. 

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left show fwR tsN|bnull|||login news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|c05|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||