Educação

Sind-UTE/MG alerta sobre cartaz falso

Publicado em 15/06/2018 às 15h53

O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais se dirige a sua base e também, de maneira pública, a quem possa interessar, para informar que está circulando em redes sociais e em grupos de WhatsApp um cartaz com imagens e logomarca do Sind-UTE/MG, mas, com informações falsas sobre uma suposta atividade no dia 18 de junho.

Alertamos que pessoas estão agindo de má-fé criando materiais com a logomarca da entidade!

O canal oficial de comunicação das ações estaduais para dar esses informes a sua base é o site do Sindicato. O que não estiver no site da entidade deve ser desconsiderado e tratado como informação falsa! 

Informação falsa e criminosa

A informação que circula em cartaz chamando para uma suposta atividade no dia 18 de junho não procede, não é oficial e ainda mais grave: trata-se de uma montagem, em que informações falsas são repassadas à categoria, gerando grandes transtornos. Vale dizer que a distribuição de informações falsas, bem como a utilização sem autorização da logomarca do Sindicato se enquadram em crimes de falsidade ideológica e utilização indevida de marca.

A fim de evitar que essa informação possa continuar gerando efeitos negativos, o Sindicato esclarece que quaisquer informações: mobilizações, paralisações e atos públicos programados pela entidade são distribuídos a sua categoria, em primeira mão, pelo site – www.sindutemg.org.br. 

Portanto, orientamos que  evite reproduzir matérias que não tenham com base referencial o site do Sindicato. Antes de distribuir alguma informação que leve a logomarca do Sind-UTE/MG verifique a fonte e, se tiver dúvida, certifique-se no site. Por fim, o Sindicato informa que já está tomando as providências cabíveis.

Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais

Fonte: Sind-UTE/MG



Categoria: Minas Gerais
Comentários (0) e Compartilhar

Professores da rede estadual em Muriaé paralisam atividades nesta sexta-feira em ato público: Sem Salário, sem trabalho!

Publicado em 15/06/2018 às 15h34

Trabalhadores e trabalhadoras em educação da rede estadual em Muriaé fazem nesta quinta-feira (14/6/18) um ato público "Sem Salário, Sem Trabalho! O ato acontece em frente ao Banco do Brasil - Agência Centro, na Av. Paschoal Bernardino. Conforme a categoria definiu em assembleia e deliberou em seu 11o Congresso do Sind-UTE/MG, os profissionais da educação, a partir do dia 11 de junho fariam paralisação de atividades até que a primeira parcela dos salários seja paga.

O governador Fernando Pimentel foi à imprensa e prometeu iniciar o parcelamento do salário de Junho com a primeira parcela paga no último dia 12, o que não aconteceu. Notícias anunciaram que o pagamento seria então no dia 13, o que também não ocorreu. Segundo o governo, a falta de dinheiro em caixa fez com que epenas 46% dos servidores tivessem seus salários depositados, mas os professores não estão entre os agraciados.A expectativa é de que a primeira parcela dos salários dos servidores seja liberada somente na sexta-feira, 22.

Fotos: Edna Amaral e Marilene Rodrigues

 

 

 

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

Programa “Educação para Cooperar” vai beneficiar centenas de alunos muriaeenses

Publicado em 15/06/2018 às 11h42

Parceria entre Prefeitura e Sicoob contempla sete escolas da rede municipal, promovendo cooperação entre alunos e professores

Cerca de 970 alunos de sete escolas da rede municipal serão beneficiados com o Programa “Educação para Cooperar”. A adesão ao projeto, realizado por meio de parceria entre Sicoob Credisudeste e Prefeitura e coordenado pela Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais (Sistema Ocemg), aconteceu na manhã de quinta-feira (14), com apresentação para pedagogos e diretores no Grande Hotel Muriahe. O objetivo é difundir a consciência e a cultura da cooperação para os professores e estudantes no ambiente da escola, na família e na comunidade, por meio de ações de incentivo à leitura e oficinas pedagógicas.

“Educação para Cooperar” é uma proposta pedagógica que se baseia na relação ensino-aprendizagem, construída a partir de valores que embasam a doutrina do cooperativismo, como: justiça social, solidariedade, participação, liberdade, igualdade, equidade e autonomia.

O programa de educação cooperativa teve início em abril, em Belo Horizonte, com capacitação para a coordenação do programa em Muriaé, e prossegue na cidade até março de 2019. Durante esse período, serão realizadas ações voltadas para a leitura, introdução de texto, oficinas pedagógicas, seminários e exposições dos trabalhos feitos pelos alunos, nas escolas municipais Doutor Antônio Canêdo, Cléria Ticon Carneiro, Clara de Castro Rogério, Professora Elza Rogério, Professora Stela Fidelis, Sérgio Lúcio Fernandes do Amaral e Joaquim Ribeiro de Carvalho (Caic).

“É um trabalho que promove o envolvimento dos estudantes, dos professores, dos profissionais e parceiros para melhoria da escola, família e da comunidade”, diz a coordenadora do programa na Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer, professora Maria de Fátima Barbosa. “A proposta do projeto vai ao encontro do plano pedagógico que já vem sendo desenvolvido em Muriaé. As parcerias firmadas vão aprimorar a educação e consciência crítica dos estudantes muriaeenses”, completa a secretária da pasta, Maria da Conceição de Souza, a Nininha.

 

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

Pedagogos se capacitam para Base Nacional Curricular Comum

Publicado em 14/06/2018 às 16h57

Evento promovido pela Prefeitura contou com palestra e videoconferência; ação preparou profissionais da rede municipal para aprimorar ensino

Pedagogos da rede municipal de ensino participaram, na terça-feira (12), no Centro Administrativo, de capacitação para a Base Nacional Curricular Comum (BNCC). O documento vai orientar um padrão curricular para melhorar a qualidade da educação básica nos estados e municípios.

O encontro contou com palestra “Linguagens na BNCC” da professora, psicóloga e especialista em Educação, Eliane Nunes, de Belo Horizonte. Também houve videoconferência com autores de livros do Projeto Ápis, Roberto Dante e Noemi Bianchini. O material didático norteia os mais recentes estudos sobre o ensino em cada uma das áreas do conhecimento do Ensino Fundamental. “Foi um momento importante para aprimorar os conhecimentos sobre a BNCC. Além disso, tivemos o prazer de conversar por vídeo com os autores Dante e Noemi. Foi um evento enriquecedor”, afirma a pedagoga da Escola Municipal Doutor Antônio Canêdo, Marcelina Sevenini.

A secretária Municipal de Educação, Esporte e Lazer, Maria da Conceição Rodrigues, a Nininha, afirma que é importante os profissionais estarem cada vez mais preparados para a BNCC. “Nossa equipe está acompanhando as atualizações sobre a Base, que já está em vigor e começa a funcionar no próximo ano, com o objetivo de oferecer educação de qualidade aos alunos muriaeenses”, diz.

 

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

FASM realiza IV Simpósio Regional de Ciências

Publicado em 14/06/2018 às 08h35

Com o tema “Integrando educação, ciência e tecnologia”, o evento recebe estudantes dos cursos de Matemática, Química e Ciências Biológicas

 

Foi aberto nesta quarta feira (13), no teatro da Faculdade Santa Marcelina o IV Simpósio Regional de Ciências, evento que traz este ano no tema a integração entre ciência, educação e tecnologia. Estudantes dos cursos de matemática, química e biologia participam até o próximo sábado de palestras, apresentação de projetos científicos e minicursos nas áreas.

Na abertura oficial, após a execução do Hino Nacional Brasileiro, os participantes tiveram a apresentação de um teatro realizado pelos alunos da 4ª série de Ciências Biológicas, que tratou de uma forma inteligente de um tema que preocupa o mundo nos dias de hoje: o descaso do homem com o planeta e os recursos naturais nele existentes. Numa paródia ao programa “Casos de Família”, do SBT, eles levaram a mensagem de forma clara e objetiva com um toque de humor: o “Caos de Família”.

Na primeira palestra desta quarta-feira, a professora Leiva de Figueiredo Viana Leal, falou sobre a “Metodologia STEAM: uma Proposta de Articulação entre Educação, Ciência e Tecnologia”, um acrônimo em inglês para as disciplinas Science, Technology, Engineering, Arts e Mathematics. “É considerada uma metodologia integrada e baseada em projetos, que tem o objetivo de formar pessoas com diversos conhecimentos, desenvolver valores juntamente com os conteúdos abordados e preparar alunos e cidadãos para os desafios do futuro”, explicou Leiva.

O processo de STEAM tem cinco etapas básicas, que foram bem colocadas na palestra: Investigar, Descobrir, Conectar, Criar e Refletir. Com o STEAM, alunos experimentam e vivenciam o pensamento científico de maneira interpretativa e reflexiva, seja por meio de brincadeiras na Educação Infantil ou em projetos interdisciplinares para turmas mais avançadas.

Em atividades focadas na metodologia STEAM, alunos resolvem problemas, pensam ‘’fora da caixa’’ e se beneficiam de um aprendizado interdisciplinar. 

Já o professor atua como um guia no processo de aprendizagem. Ele é responsável por oferecer mentoria e apoio às equipes.

Na segunda palestra da noite, a professora Renata de Souza Capobiango Ferreira abordou em o tema de seu mestrado na área de ciências, “Transtorno do Espectro Autista, conhecer para incluir”, onde falou da definição do autismo, síndrome comportamental que apresenta sintomas básicos como: dificuldade de interação social, déficit de comunicação social, tanto quantitativo quanto qualitativo e padrões inadequados de comportamento que não possuem finalidade social. “Ao identificarmos estas características básicas é possível definir e trabalhar com o autista afim de inclui-lo no contexto do ensino regular”, disse.

Nesta quinta-feira serão cinco palestras apresentadas em três locais distintos da Faculdade. O evento tem nesta sexta a apresentação de trabalhos em banner, realização de minicursos e confraternização.

 

 

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

Estudantes de Contagem (MG) são campeões de torneio de raciocínio na Turquia

Publicado em 13/06/2018 às 16h34

Alunos do Instituto Eros Gustavo, à direita, e da EMEF Visconde de Mauá, à esquerda. À esquerda, Sandra Garcia, diretora pedagógica da Mind Lab

Equipe de quatro alunos do Instituto Eros Gustavo, do município de Contagem (MG), vence torneio internacional que contou com a participação outros 5 países,trazendo o segundo título para o Brasil

Alunos de 9 a 12 anos do Instituto Eros Gustavo, do município de Contagem (MG), venceram nesta quarta-feira (13) a competição internacional The Mind Olympics, realizada pela Mind Lab, líder mundial em pesquisa e desenvolvimento de tecnologias educacionais inovadoras, na cidade de Antália, na Turquia, competindo com alunos de outros cinco países que utilizam a metodologia com jogos de raciocínio da Mind Lab.

Os alunos Amanda Coura Fernandes, Matheus Henrique Mendes Rodrigues, Emanuel de Paula Santos, Tiago Araújo Vidal, participaram ao lado dos vencedores da categoria de 4º ao 7º ano do Ensino Fundamental da rede pública, a EMEF Visconde de Mauá, do município de Portão (RS), que foi vitoriosa no ano passado e, neste ano, conquistou a segunda colocação.

Ambos os times haviam vencido em maio a etapa nacional da X Olimpíada de Raciocínio Mind Lab, torneio entre estudantes que utilizam o Programa MenteInovadora, metodologia de ensino com jogos de raciocínio integrados à grade de aulas, que busca estimular o desenvolvimento de habilidades metacognitivas e socioemocionais. Durante toda a competição no Brasil, que possui também uma fase classificatória digital, participaram 850 alunos de 142 escolas. Assim como no Brasil, na competição internacional utilizaram os jogos Abalone, Damas Olímpicas, Quoridor e Octi.

Na The Mind Olympics foram realizadas 12 partidas ao longo de dois dias, sendo que cada aluno teve a oportunidade de enfrentar estudantes de todas as outras equipes participantes. Nesta edição, além do Brasil, estiveram presentes estudantes do Panamá, Inglaterra, Austrália, Romênia e Turquia. O torneio é uma oportunidade para que os estudantes exercitem as habilidades desenvolvidas em sala de aula durante a aprendizagem semanal com os jogos de raciocínio da Mind Lab como trabalho em equipe, capacidade analítica e equilíbrio das emoções. A metodologia da empresa envolve a capacitação de professores e aulas dinâmicas, e é pioneira em auxiliar os alunos a traçar métodos e estratégias, lidar com a competitividade e trabalhar a resolução colaborativa de problemas.

À esquerda, diretor geral da Mind Lab Israel, Ehud Schaschar, alunos do Instituto Eros Gustavo e professoras Tomezina Ferreira da Fonseca e Aparecida Maria Boaventura

"É com muito orgulho que vemos os estudantes brasileiros colherem os frutos de seus esforços em equipe durante todo o tempo em que competiram com os jogos de raciocínio. A Olimpíada para a Mind Lab é o momento em que vemos o resultado de nosso trabalho junto aos jovens. É um orgulho levantar nossa bandeira novamente junto a outros países ", explica a diretora pedagógica da Mind Lab, Sandra Garcia

Essa foi a terceira vez que o Instituto Eros Gustavo participou do torneio internacional, tendo competido no último ano, representando as escolas privadas. Em 2017, alunos da Escola Municipal Visconde de Mauá, da cidade de Portão (RS), venceram a etapa internacional da Mind Olympics, realizada na Ilha de Creta, na Grécia.

Sobre o MenteInovadora

O Programa MenteInovadora é uma metodologia pioneira da Mind Lab, com resultados comprovados no desenvolvimento socioemocional de alunos do ensino infantil ao pré-vestibular. O principal diferencial do MenteInovadora é a integração de jogos de raciocínio à grade de aulas, com a mediação de um professor capacitado pelo programa. Os jogos estimulam os alunos a experimentar em um contexto controlado situações da vida real. Desenvolvida por especialistas israelenses e brasileiros que atuam no campo da psicopedagogia, neurociência e educação, a Metodologia da Mind Lab é utilizada em mais de 20 países, como Austrália, China, Espanha, Estados Unidos, Itália, Japão e Reino Unido e já atendeu milhões de alunos, garantida e apoiada por importantes instituições nacionais e internacionais, como o Instituto Inade e a Universidade Yale.

Sobre a Mind Lab

Fundada em Israel em 1994, a Mind Lab é líder mundial em pesquisa e desenvolvimento de tecnologias educacionais inovadoras para o aprimoramento de habilidades e competências cognitivas, sociais, emocionais e éticas. Com a proposta de trabalhar o desenvolvimento humano para uma vida mais harmônica e feliz, as metodologias e aplicações da empresa ampliam os potenciais de aprendizagem de crianças, adolescentes e adultos ao redor do mundo, com a utilização de jogos de raciocínio que provocam a vivência de situações do cotidiano. Com resultados comprovados em mais de 21 países ao longo de mais de 20 anos, a metodologia Mind Lab atende milhões de alunos, sendo reconhecida e apoiada por importantes instituições nacionais e internacionais. No Brasil desde 2006, a Mind Lab é parceira de mais de mil instituições de ensino do setor público e privado e conta com cerca de 20 mil professores certificados para aplicação de suas metodologias, em 17 estados brasileiros.

Categoria: Minas Gerais
Comentários (0) e Compartilhar

Profissionais da Educação são capacitados para PNAIC

Publicado em 13/06/2018 às 16h05

Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa tem objetivo de garantir que crianças estejam alfabetizadas até 8 anos, promovendo mais educação aos muriaeenses

Centenas de profissionais da rede municipal de educação estão agora capacitados para o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). O programa tem o objetivo de garantir que todas as crianças estejam alfabetizadas até os 8 anos de idade, ao final do 3º ano do Ensino Fundamental, para que possam melhor desenvolver suas habilidades de ensino-aprendizagem.

Ao todo foram 22 encontros, que começaram em 2017 e terminaram na segunda-feira (11) – sendo quatro realizados em Juiz de Fora e 18 em Muriaé, na Escola Municipal Doutor Antônio Canêdo. Os eventos contaram com a participação de professores da Educação Infantil e de 1º ao 3º ano, articuladores e mediadores do Programa “Novo Mais Educação”.

A capacitação destacou quatro princípios centrais a serem desenvolvidos em sala de aula: o sistema de escrita; o desenvolvimento das capacidades de leitura e de produção de textos; conhecimentos das diferentes áreas sobre temas diversos e agir na sociedade por meio do “Novo Mais Educação”; e o resgate à brincadeira na educação infantil.

“Alfabetização é etapa importante no processo de ensino”, afirma prefeito

A secretária municipal de Educação, Esporte e Lazer, Maria da Conceição Rodrigues, a Nininha, destaca o papel da alfabetização para a formação das crianças. “A alfabetização é uma das prioridades no contexto atual, e o professor alfabetizador tem a função de auxiliar nesse processo. Para exercer sua função de forma plena é preciso ter clareza do que ensina e como ensina. Foi pensando nisto que Muriaé aderiu ao PNAIC e se organizou para proporcionar a todos os professores um momento de reflexão sobre escrita, alfabetização, jogos e brincadeiras”, diz.

O prefeito Grego afirma que a Administração está investindo cada vez mais no ensino oferecido aos muriaeenses. “A alfabetização tem uma grande importância para o desenvolvimento das crianças. Por isso, estamos dando atenção especial para a educação infantil, seja na aquisição de materiais didáticos modernos ou no aperfeiçoamento de profissionais, para que as crianças possam desenvolver suas habilidades de forma integral, construindo um futuro de mais oportunidades”, diz.

 

Categoria: Muriaé, Projetos
Comentários (0) e Compartilhar

Período de Cadastramento Escolar para 2019 começa em Muriaé

Publicado em 11/06/2018 às 16h03

Ação conjunta entre Prefeitura e Estado acontece até 22 de junho com objetivo de garantir ingresso de alunos no Ensino Fundamental da rede pública

O Cadastramento Escolar começou nesta segunda-feira (11) e prossegue até 22 de junho. O procedimento, realizado de forma conjunta entre Prefeitura e Estado, garante vaga de alunos muriaeenses no Ensino Fundamental da rede pública para o ano letivo de 2019 e permite a análise da demanda e do fluxo escolar.

A inscrição dos estudantes é gratuita e deve ser realizada pelo site da Secretaria de Estado de Educação (www.educacao.mg.gov.br). Pais e responsáveis que não tiverem acesso à internet poderão procurar a escola municipal ou estadual mais próxima de sua casa.

Alunos que completarem 6 anos até 30 de junho de 2019 e que já estão matriculados na rede pública de ensino de Muriaé terão suas inscrições realizadas pela própria escola. O cadastro poderá ser feito também para candidatos ao curso de Educação de Jovens e Adultos e alunos vindos de outras localidades ou transferidos de escolas particulares. Vale frisar que o prazo não será prorrogado. “Pais e responsáveis devem ficar atentos às datas do Cadastramento Escolar. O procedimento é importante para garantir vaga em uma escola próxima à casa do aluno", diz o prefeito Grego.

Serviço:

Cadastramento Escolar 2018:

Prazo: até 22 de junho

Local: site da Secretaria de Estado de Educação (www.educacao.mg.gov.br)

Quem não tiver acesso à internet: procurar a escola municipal ou estadual mais próxima de sua casa

Quem deve se cadastrar:

 - Crianças com 6 anos completos ou que vão completar essa idade até 30 de junho de 2019;

 - Candidatos ao curso de Educação de Jovens e Adultos;

 - Alunos vindos de outras localidades ou transferidos de escolas particulares.

Prazo sem prorrogação

Cadastramento é gratuito

 

Categoria: Brasil
Comentários (0) e Compartilhar

Estudantes de Contagem (MG) representarão o Brasil em Olimpíada de Raciocínio na Turquia na próxima semana

Publicado em 08/06/2018 às 16h43

Equipe de quatro alunos do Instituto Eros Gustavo, do município de Contagem (MG), venceram pela terceira vez a etapa nacional da Olimpíada de Raciocínio da Mind Lab na categoria de escolas da rede privada e competirão em torneio internacional junto a outros 5 países

Alunos do Instituto Eros Gustavo, do município de Contagem (MG), representarão o Brasil na competição internacional The Mind Olympics, realizada anualmente pela Mind Lab, líder mundial em pesquisa e desenvolvimento de tecnologias educacionais inovadoras. A equipe participará do evento nos dias 10 a 13 de junho de 2018, na cidade de Antália, na Turquia, competindo com alunos de outros cinco países que utilizam a metodologia com jogos de raciocínio.

Formado por quatro estudantes, o time venceu em maio a etapa nacional da X Olimpíada de Raciocínio Mind Lab, torneio entre estudantes que utilizam o Programa MenteInovadora, metodologia de ensino com jogos de raciocínio integrados à grade de aulas, que busca estimular o desenvolvimento de habilidades metacognitivas e socioemocionais. Durante toda a competição no Brasil, que possui também uma fase classificatória digital, participaram 850 alunos de 142 escolas.

Os alunos Amanda Coura Fernandes, Matheus Henrique Mendes Rodrigues, Emanuel de Paula Santos, Tiago Araújo Vidal, do munícipio de Contagem, participarão ao lado dos vencedores da categoria de 4º ao 7º ano do Ensino Fundamental da rede pública, a EMEF Visconde de Mauá, do município de Portão (RS), da Fase Internacional e, assim como no Brasil, utilizarão os jogos Abalone, Damas Olímpicas, Quoridor e Octi.

Na The Mind Olympics serão realizadas 12 partidas ao longo de dois dias, sendo que cada aluno terá a oportunidade de enfrentar estudantes de todas as outras equipes participantes. Nesta edição, além do Brasil, estarão presentes estudantes do Panamá, Inglaterra, Austrália, Romênia e Turquia. O torneio é uma oportunidade para que os estudantes exercitem as habilidades desenvolvidas em sala de aula durante a aprendizagem semanal com os jogos de raciocínio da Mind Lab como trabalho em equipe, capacidade analítica e equilíbrio das emoções. A metodologia da empresa envolve a capacitação de professores e aulas dinâmicas, e é pioneira em auxiliar os alunos a traçar métodos e estratégias, lidar com a competitividade e trabalhar a resolução colaborativa de problemas.

Essa será a terceira vez que o Instituto Eros Gustavo participa do torneio internacional, tendo competido no último ano, representando as escolas privadas. Em 2017, alunos da Escola Municipal Visconde de Mauá, da cidade de Portão (RS), venceram a etapa internacional da Mind Olympics, realizada na Ilha de Creta, na Grécia. Foi a primeira vez que uma equipe brasileira venceu a competição. Os brasileiros competiram com estudantes de outros seis países: Itália, Reino Unido, Panamá, Austrália, Romênia e Turquia, e trouxeram para casa o título de campeões mundiais.

Sobre o MenteInovadora

O Programa MenteInovadora é uma metodologia pioneira da Mind Lab, com resultados comprovados no desenvolvimento socioemocional de alunos do ensino infantil ao pré-vestibular. O principal diferencial do MenteInovadora é a integração de jogos de raciocínio à grade de aulas, com a mediação de um professor capacitado pelo programa. Os jogos estimulam os alunos a experimentar em um contexto controlado situações da vida real. Desenvolvida por especialistas israelenses e brasileiros que atuam no campo da psicopedagogia, neurociência e educação, a Metodologia da Mind Lab é utilizada em mais de 15 países, como Austrália, China, Espanha, Estados Unidos, Itália, Japão e Reino Unido e já atendeu milhões de alunos, garantida e apoiada por importantes instituições nacionais e internacionais, como o Instituto Inade e a Universidade Yale.

Sobre a Mind Lab

Fundada em Israel em 1994, a Mind Lab é líder mundial em pesquisa e desenvolvimento de tecnologias educacionais inovadoras para o aprimoramento de habilidades e competências cognitivas, sociais, emocionais e éticas. Com a proposta de trabalhar o desenvolvimento humano para uma vida mais harmônica e feliz, as metodologias e aplicações da empresa ampliam os potenciais de aprendizagem de crianças, adolescentes e adultos ao redor do mundo, com a utilização de jogos de raciocínio que provocam a vivência de situações do cotidiano. Com resultados comprovados em mais de 21 países ao longo de mais de 20 anos, a metodologia Mind Lab atende milhões de alunos, sendo reconhecida e apoiada por importantes instituições nacionais e internacionais. No Brasil desde 2006, a Mind Lab é parceira de mais de mil instituições de ensino do setor público e privado e conta com cerca de 20 mil professores certificados para aplicação de suas metodologias, em 17 estados brasileiros.

Categoria: Brasil
Comentários (0) e Compartilhar

“Parceria Votorantim pela Educação” apresenta diagnóstico para aprimorar ensino na rede municipal

Publicado em 08/06/2018 às 15h32

Segundo ciclo do programa, realizado pela Prefeitura e Instituto Votorantim, definiu prioridades para melhoria do rendimento escolar de muriaeenses

As ações prioritárias a serem desenvolvidas para aprimorar a qualidade do ensino da rede municipal foram apresentadas durante o segundo ciclo de capacitações do programa “Parceria Votorantim pela Educação - PVE”, realizado entre Prefeitura e Instituto Votorantim. Os eventos aconteceram na terça, quarta e quinta-feira (5, 6 e 7) e contaram com a presença de profissionais da educação, alunos das escolas municipais e lideranças locais.

Na tarde de terça-feira, aconteceu uma oficina de mobilização na Escola Municipal Professora Odaleia Oliveira Morais de Azevedo, na Barra, para jovens das 16 escolas contempladas com a parceria. Na quarta, diretores e pedagogos participaram, no Centro Administrativo, de formação para definir novas intervenções pedagógicas. Na quinta-feira, também no Centro Administrativo, foi a vez de lideranças locais discutirem propostas de mobilização educacional.

Ao longo de 2018, acontecerão quatro ciclos de capacitações. Nessa segunda etapa, foi apresentado o diagnóstico realizado em abril. Após análise e levantamento de demandas, foram definidas quatro metas para a melhoria da qualidade do ensino: processos de gestão, parcerias e mobilização, formação continuada e acompanhamento de aprendizagem dos alunos. Os encontros foram mediados pela coordenadora geral do PVE em Muriaé, Maria das Graças Cruz, conhecida como Dadaça.

“A partir de agora iremos focar nessas prioridades, que irão fazer com que haja a melhoria da qualidade do ensino da rede municipal. Ao final, esperamos que o aluno tenha um melhor rendimento escolar”, diz a técnica formadora do PVE em Muriaé e coordenadora do Ensino Fundamental II da Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer, Vilma Gomes.

Programa contribui para melhoria da educação pública de Muriaé

Muriaé é um dos 107 municípios contemplados com o programa, que está atendendo professores, estudantes e gestores escolares. Firmada em fevereiro deste ano, a parceria está prestando assessoria pedagógica para a formação de políticas educacionais aos gestores escolares da cidade, estimulando a leitura e realizando oficinas com os alunos.

A secretária municipal da pasta, Maria da Conceição Rodrigues, a Nininha, considera que o PVE é “um ganho imensurável” para o ensino da cidade. “É um programa muito importante para os educadores e as crianças no universo da leitura. A proposta é incentivar de todas as formas o interesse dos alunos pela leitura e literatura, o que contribui para a aprendizagem em todas as áreas da educação”, diz.

“Essa parceria contribui para o fortalecimento da educação pública de Muriaé. É isso o que todos nós buscamos, a melhoria do ensino oferecido aos alunos muriaeenses, para que sejam cidadãos mais críticos e tenham um futuro de mais oportunidades”, completa o prefeito Grego.

Categoria: Muriaé
Comentários (0) e Compartilhar

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left show fwR tsN|bnull|||login news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|c05|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||