FASM realiza IV Simpósio Regional de Ciências

Publicado em 14/06/2018 às 08h35

Com o tema “Integrando educação, ciência e tecnologia”, o evento recebe estudantes dos cursos de Matemática, Química e Ciências Biológicas

 

Foi aberto nesta quarta feira (13), no teatro da Faculdade Santa Marcelina o IV Simpósio Regional de Ciências, evento que traz este ano no tema a integração entre ciência, educação e tecnologia. Estudantes dos cursos de matemática, química e biologia participam até o próximo sábado de palestras, apresentação de projetos científicos e minicursos nas áreas.

Na abertura oficial, após a execução do Hino Nacional Brasileiro, os participantes tiveram a apresentação de um teatro realizado pelos alunos da 4ª série de Ciências Biológicas, que tratou de uma forma inteligente de um tema que preocupa o mundo nos dias de hoje: o descaso do homem com o planeta e os recursos naturais nele existentes. Numa paródia ao programa “Casos de Família”, do SBT, eles levaram a mensagem de forma clara e objetiva com um toque de humor: o “Caos de Família”.

Na primeira palestra desta quarta-feira, a professora Leiva de Figueiredo Viana Leal, falou sobre a “Metodologia STEAM: uma Proposta de Articulação entre Educação, Ciência e Tecnologia”, um acrônimo em inglês para as disciplinas Science, Technology, Engineering, Arts e Mathematics. “É considerada uma metodologia integrada e baseada em projetos, que tem o objetivo de formar pessoas com diversos conhecimentos, desenvolver valores juntamente com os conteúdos abordados e preparar alunos e cidadãos para os desafios do futuro”, explicou Leiva.

O processo de STEAM tem cinco etapas básicas, que foram bem colocadas na palestra: Investigar, Descobrir, Conectar, Criar e Refletir. Com o STEAM, alunos experimentam e vivenciam o pensamento científico de maneira interpretativa e reflexiva, seja por meio de brincadeiras na Educação Infantil ou em projetos interdisciplinares para turmas mais avançadas.

Em atividades focadas na metodologia STEAM, alunos resolvem problemas, pensam ‘’fora da caixa’’ e se beneficiam de um aprendizado interdisciplinar. 

Já o professor atua como um guia no processo de aprendizagem. Ele é responsável por oferecer mentoria e apoio às equipes.

Na segunda palestra da noite, a professora Renata de Souza Capobiango Ferreira abordou em o tema de seu mestrado na área de ciências, “Transtorno do Espectro Autista, conhecer para incluir”, onde falou da definição do autismo, síndrome comportamental que apresenta sintomas básicos como: dificuldade de interação social, déficit de comunicação social, tanto quantitativo quanto qualitativo e padrões inadequados de comportamento que não possuem finalidade social. “Ao identificarmos estas características básicas é possível definir e trabalhar com o autista afim de inclui-lo no contexto do ensino regular”, disse.

Nesta quinta-feira serão cinco palestras apresentadas em três locais distintos da Faculdade. O evento tem nesta sexta a apresentação de trabalhos em banner, realização de minicursos e confraternização.

 

 

Categoria: Muriaé
Tags: Biologia, FASM, Matemática, Química, Simpósio de Ciências, STEAM

Enviar comentário

voltar para Educação

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left show fwR tsN|bnull|||login news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|c05|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||