• Professor Elias Santos

Cidade italiana aprova lei para garantir veterinário gratuito para quem adotar cães e gatos de rua



Mesmo sendo maravilhoso ter um animal de estimação, muita gente deixa de adotar porque não tem como manter os atendimentos veterinários, vacinas e outros cuidados essenciais. E a Itália arrumou uma forma de contornar isso.

A região de Úmbria aprovou uma lei onde todas as casas que adotarem cães e gatos de rua, terão a assistência veterinária gratuitamente. Não é o máximo?


Ação trará mais cuidado para os animais e redução dos gastos públicos

A aprovação da lei favorece os animais, a população e o Estado. Os gastos com manutenção de abrigos públicos na Itália, chegam aos 146 milhões de euros por ano. Com ações como essa de Úmbria, uma boa quantidade desse valor pode ser redirecionado para outras áreas.



Em contrapartida, os animais ficam muito mais protegidos em um lar e ainda têm a garantia da assistência veterinária pelo resto da vida.

O governo propõe que os tutores sejam reembolsados com todo cuidado que o animal tiver, em relação a sua saúde. No entanto, só será possível a restituição para aqueles que decidirem adotar um cão ou gato de rua retirado de um estabelecimento público.

A lei está vigente apenas na Úmbria, mas o governo do país a enxerga como um bom avanço. A ideia é, daqui há um tempo, aplicá-la em toda a Itália.


Fonte: Razões para Acreditar