• Professor Elias Santos

Depois de vencer o alcoolismo, gari brasileiro é exemplo de reciclagem e cria canal no Youtube



Quem vê o canal de Giorggio Abrantes no Youtube, com mais de 100 mil seguidores e vídeos virais com mais de 2 milhões de visualizações, não se dá conta das inúmeras dificuldades que o gari brasileiro já enfrentou.

Natural de Aparecida, sertão do Paraíba, há poucos anos o gari enfrentou uma longa e dura luta contra o alcoolismo. Foi durante o período que permaneceu internado em uma clínica de reabilitação, no entanto, que sua vida começou a mudar. Entre as atividades propostas pela instituição, ele acabou conhecendo a reciclagem, hoje responsável por esta guinada, que o transformou em youtuber famoso.



Desta forma, além de ajudar o meio ambiente, ele vem inspirando milhares de pessoas a enxergar nas dificuldades uma oportunidade. Depois de sair da clínica e voltar a trabalhar nas ruas de Aparecida, Giorggio, começou a colocar todo o aprendizado em prática e passou a recolher garrafas PET e a guardar em casa.

Ao juntar com outros equipamentos que encontra no lixo e ferramentas que ele mesmo comprou, todo este plástico é transformado em vassouras, varal para roupas e até mesmo caixa de som.

Em um mundo onde o plástico tornou-se um dos maiores desafios, o trabalho do gari é tão essencial quanto fascinante. As vassouras, assim como os varáis, são altamente resistentes e possuem uma durabilidade de cerca de 3 anos. Para um varal de 15 metros de extenção, ele utiliza 4 garrafas, que se não fosse por ele, acabaria nos oceanos.

Mas não acaba por aí! Se todo mundo compreendesse a importância de se compartilhar conhecimento, o mundo certamente seria um lugar muito mais generoso. Ainda bem que Giorggio entendeu, e por isto criou o seu canal Gari Ecológico no Youtube, onde ensina suas técnicas para quem quiser aprender.



Nos vídeos, ele não somente orienta as pessoas a como transformar garrafas em outros instrumentos, como fala da importância de separar bem o lixo e de lavá-lo antes de jogar fora. A prática, é uma demonstração de respeito por aqueles profissionais que passam boa parte de suas vidas limpando nossas cidades.

Foi pensando nos mais vulneráveis que o gari inventou uma caixinha de som inteiramente feita de garrafas PET. Acessível, sustentável e eficaz, o equipamento é a prova de inteligência e criatividade deste brasileiro, que encontrou toda sua força na adversidade.


Fonte: Razões para Acreditar