• Professor Elias Santos

Mochila a jato faz paramédico voar e socorrer vítima 20 x mais rápido



Um vídeo mostra como paramédicos poderão fazer resgates bem mais rápidos daqui pra frente: voando.

Uma empresa do Reino Unido criou uma mochila a jato para socorrer pessoas em locais de difícil acesso.

Uma parte do equipamento fica presa nas costas do profissional. Ela alimenta os propulsores, presos no braço da pessoa que fará o voo.

O vídeo com o equipamento funcionando foi postado no Youtube nesta terça, 29, pela Gravity Industries, a fabricante.

Ele mostra uma simulação de um chamado de emergência nas montanhas da região de Lake District, no noroeste da Inglaterra.

20 x mais rápido

O fundador da empresa e responsável pelo projeto, Richard Browning, voou sobre a água para mostrar as possibilidades que o equipamento pode oferecer em uma situação real.

Ele chegou em 90 segundos ao local onde estava uma suposta vítima: uma criança com a perna quebrada.

A empresa diz que o mesmo resgate convencional, com o uso de automóveis – na área montanhosa e isolada – pode demorar até 25 minutos.

O jatos propulsores não permitem levar pelo ar mais do que o piloto.

Por isso, depois de prestar os primeiros socorros é necessário acionar outro tipo de transporte para levar a vítima até o hospital.

Assista:



Com informações da Gravity Industries