• Professor Elias Santos

Pesquisa descobre forma simples para melhorar o humor



Nem remédios, nem chá. A alternativa barata e eficiente para melhorar seu humor está na caminhada. Bastam apenas 15 minutos, uma vez por semana, mas é preciso contemplar e admirar as coisas que você vê pela frente.

É o que mostra um estudo publicado esta semana, feito pela Trinity College Dublin e pela UCFS Universidade da California, em São Francisco, nos Estados Unidos.

A pesquisa descobriu que uma curta caminhada “inspiradora”, uma vez por semana, pode melhorar drasticamente o humor do ser humano porque faz maravilhas para a saúde mental das pessoas e as ajuda a sorrir mais e desviar o foco dos problemas para o mundo natural.

“O que mostramos aqui é que uma intervenção muito simples – essencialmente um lembrete para desviar ocasionalmente nossa energia e atenção para fora, em vez de para dentro – pode levar a melhorias significativas no bem-estar emocional”, disse  a professora Virginia Sturm, da UC San Francisco.

E é importante caminhar admirando as coisas que você vê pela frente:

“A admiração é uma emoção positiva desencadeada pela consciência de algo muito maior do que a gente mesmo e não compreensível imediatamente – como a natureza, a arte, a música ou ser pego em um ato coletivo, como uma cerimônia, concerto ou marcha política”, disse Dacher Keltner, psicólogo PhD da UC Berkeley.

“Experimentar a admiração pode contribuir para uma série de benefícios, incluindo uma maior noção de tempo e sentimentos aprimorados de generosidade, bem-estar e humildade.”


A pesquisa


O pequeno estudo foi feito com 52 adultos, com idades entre 60 e 90 anos. Metade foi convidada a contar a emoção de admiração que sentiu durante suas caminhadas e o grupo de controle foi convidado apenas a dar um passeio.

Após cada caminhada, foi pedido aos participantes para que preenchessem um questionário detalhando as emoções que tiveram com experiência.


Resultados


De acordo com a pesquisa, adultos mais velhos que fizeram “caminhadas de admiração” semanais de 15 minutos, durante oito semanas, relataram um aumento de emoções positivas, como compaixão e gratidão, e menos angústia em suas vidas diárias.

Um participante refletiu sobre as ‘belas cores do outono e a ausência delas em meio à floresta perene … como as folhas não eram mais crocantes sob os pés por causa da chuva e como a caminhada estava mais esponjosa agora … a maravilha que uma criança pequena sente ao explorar seu mundo em expansão.

“Considerando que os participantes do grupo de controle mostraram um foco mais interno. Um deles comentou: ‘Pensei em nossas férias no Havaí na próxima quinta-feira. Pensei em todas as coisas que tive que fazer antes de partirmos.

Com informações do Metro


Fonte: Só Notícia Boa