• Professor Elias Santos

Reino Unido tem o seu primeiro trem movido a hidrogênio



O governo do Reino Unido assumiu um super compromisso: reduzir as emissões de carbono em, pelo menos, 80% até 2050. Essa é uma meta desafiadora e o primeiro passo já foi dado. O transporte público do país, que é responsável por cerca de um quarto das emissões de gases de efeito estufa no ar, ganha um aliado: um trem movido a hidrogênio!

O projeto do trem foi desenvolvido na Universidade de Birmingham e já foram feitos os primeiros testes.

Os trens movidos a hidrogênio são favoráveis ao meio ambiente, pois não emitem gases prejudiciais ao ar. Ele ainda usa hidrogênio e oxigênio para produzir eletricidade, água e calor.

O projeto da Universidade de Birmingham vem sendo realizado em parceria com a empresa Porterbrook e, se tudo funcionar, será tão promissor como o primeiro trem a hidrogênio do mundo, lançado na Alemanha.


HydroFLEX


Esse foi o nome dado ao projeto. O HydroFLEX é equipado com células de combustível de hidrogênio, que são ativadas em rotas não eletrificadas.

Para a conversão, os engenheiros responsáveis instalaram tanques de hidrogênio e bateria, capazes de fornecer força de tração independente para operar com zero emissões de carbono.

Não há uma data certa ainda para o lançamento do trem, mas a estimativa é que eles comecem a receber passageiros em 2023.



O hidrogênio como combustível


O Departamento de Transporte ainda planeja abrir caminhos para o uso do hidrogênio em transportes.

Os veículos movidos a hidrogênio poderão ser  reabastecidos em postos, assim como acontece com o álcool e a gasolina. Esse abastecimento é tão rápido quanto aqueles que utilizam gasolina ou etanol. Além disso, o hidrogênio permite maior autonomia em viagens mais longas, quando comparado aos combustíveis tradicionais.


FONTE: Pensamento Verde/Razões para Acreditar