• Professor Elias Santos

Senai entrega mais de 2 mil respiradores consertados a hospitais



O Senai criou uma super rede de voluntários, conseguindo reunir mais de 700 pessoas, para um bem comum nesta pandemia: recuperar respiradores para o tratamento da Covid-19.

A ação solidária conseguiu consertar gratuitamente 2.007 ventiladores pulmonares, em 336 municípios de 24 estados e no Distrito Federal. Agora os aparelhos estão sendo entregues para seus respectivos hospitais!

Rafael Lucchesi, diretor geral do SENAI, disse que a ação contou com a experiência de técnicos e engenheiros. “Não mediram esforços na construção desses ventiladores mecânicos. Mostraram toda a força e vitalidade a que empresas e profissionais se empenharam em meio a pandemia“, comenta.

A gente já tinha falado sobre as recuperações que estavam ocorrendo no MT, em abril. Só que os números foram muito além do esperado e muitos outros estados também se beneficiaram com o trabalho voluntário.


Mais entregas serão feitas



E o trabalho dos voluntários não parou!

O Senai informou que essa foi apenas a primeira remessa de respiradores recuperados. Os aparelhos com defeito começaram a ser recolhidos desde 30 de março e totalizaram 3.989 respiradores de todos os estados.

Ainda há 951 em manutenção e 173 que passam por calibração, a última etapa antes da devolução ao serviço de saúde. Esses aparelhos também serão enviados logo logo para os hospitais.

A iniciativa de consertar esse equipamento hospitalar fundamental para salvar as vidas de quem tem as formas mais graves da doença contribui de forma expressiva para o árduo trabalho que está sendo realizado pelos profissionais da saúde e para reduzir a necessidade de importação do equipamento”, comenta o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade.


Parecerias são muito importantes



Apesar de ser uma iniciativa do Senai, para que ela se concretizasse, foi preciso buscar ajuda de parceiros.

Como a intenção era gerar custo zero para os hospitais, o Senai teve participação das marcas ArcelorMittal, BMW Group, Fiat Chrysler Automóveis (FCA), Estúdios Globo, Ford, General Motors, Honda, Hyundai Motor Brasil, Instituto Votorantim, Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e POLI-USP, Jaguar Land Rover, Mercedes-Benz do Brasil, Moto Honda, Petrobras, Renault, Scania, Toyota, Troller, Usiminas, Vale, Volkswagen do Brasil e Volvo do Brasil.

O projeto também tem  o apoio do Ministério da Saúde, do Ministério da Economia, do Ministério da Defesa, da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e da Associação Brasileira de Engenharia Clínica (ABEClin).

Estamos vivendo um ponto de inflexão na história da humanidade e vamos extrair muitas lições. O Senai se sente muito honrado com a parceria construída nesta iniciativa, exemplo de ação cidadã que mobiliza indivíduos, empresas e organizações em prol do bem comum, da afirmação de um projeto de país que nasce no valor à vida”, conclui o Rafael.

Iniciativa mais que necessária e que salva vidas! Parabéns Senai e todos os parceiros!


Fonte: Razões para Acreditar