• Professor Elias Santos

Vilarejo na Uganda recebe água potável pela primeira vez e reação de moradores é de pura alegria



Para os 500 moradores do vilarejo de Namwiwa, na Uganda, ter água potável jorrando do poço é mais que um motivo para comemorar. O que é algo básico para nós, era escassez há anos nessa região. Muitos dos moradores sequer beberam um copo de água saudável uma vez na vida.


Mas agora isso é possível! O presente veio da ONG Love Water Organization e da fundação Cottman, que se uniram para construir um poço na aldeia permitindo que todas as famílias

tivessem água limpa em suas casas.



A escassez de água um problema recorrente em diversas comunidades africanas. Só que tem solução. Em 2012, uma pesquisa publicada pela Environmental Research Letters, apontou uma imensa reserva de água subterrânea por todo o continente. Infelizmente, o governo não tem recursos suficientes para investir e levar toda essa água para as comunidades carentes.



Depois de um longo trabalho e muito esforço para conseguir fundos para apoiar a construção de poços de água potável em Namwiwa, a Cottman e a Love Water conseguiram finalizar o projeto e levar essa felicidade aos moradores.

A alegria que a água limpa pode trazer quando as pessoas se juntam para arrecadar fundos para apoiar a comunidade local e proporcionar o que todos devem ter: água limpa“, dizia o post da Fundação Cottman, comemorando a conquista em sua página no Facebook.


Aplausos, gritos de felicidade e danças típicas da comunidade foi a forma que os moradores do vilarejo encontraram para vibrar por esse super presente!

A fundação Cottman dividiu com seus seguidores um vídeo desse momento. Veja só:

Fonte: Razões para Acreditar


0 comentário